Procure

Estudo Bíblico Foi a terra ou o sol que parou?


"... E o Sol se deteve, a lua parou... O Sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro...E não houve dia semelhante a esse, nem antes nem depois dele..." (Js 10:13)

Você acreditaria se alguém dissesse que a Terra ficou parada em seu movimento de rotação por quase 12 horas? Parece inacreditável, não é mesmo? Um fenômeno destes colocaria todo o Sistema Solar em Caos, pois com a suspensão da rotação terrestre, todo o equilíbrio gravitacional dos demais planetas seria afetado. Pois bem, por mais incrível que possa parecer, este fenômeno astronômico sem precedentes já ocorreu.

De acordo com o que diz o texto Bíblico, não foi só o Sol que parou, mas sim todo o Universo!

A explicação está na crença antiga de que a Terra era o Centro do Sistema Solar (Geocentrismo). Por isto, o texto menciona a parada do Sol e da lua.

Após o surgimento do heliocentrismo (O Sol como o centro do Sistema Planetário), estudiosos concluíram que este evento não poderia ter ocorrido e que tal registro Bíblico seria uma lenda. Milhares de anos se passaram, até que os cientistas pudessem desvendar mais este mistério.

Na década de 60, quando o Estados Unidos pretendiam colocar um homem em órbita terrestre, o assunto veio novamente à tona. Céticos como sempre, os cientistas já haviam esquecido o relato de Josué e "esta história absurda de um D‘us que faz a Terra parar"... Mas afim de que nada pudesse falhar na corrida espacial, astrônomos precisaram calcular todo o movimento planetário. Órbitas da Terra, Lua, etc...

Um erro nestes cálculos, e os astronautas ficariam perdidos no espaço por toda a eternidade... E foi justamente durante a realização destas pesquisas, que o assunto voltou a ser discutido.

Os mais avançados Computadores de então, baseado no Goddard Space Flight Center da NASA (Greenbelt, Md) iniciaram o trabalho árduo de recalcular as órbitas planetárias. Entretanto, algo que nenhum cientistas esperava aconteceu: Em todos os cálculos realizados havia um erro de aproximadamente 12 horas e 20 minutos. Ou seja, este tempo estava "faltando" no cronograma universal!

Analistas de sistemas foram consultados, programas de informática revisados, cálculos revistos, porém o problema persistia. Uma equipe da IBM foi chamada para descobrir possíveis defeitos no computador, mas nada foi detectado. A preocupação com a ida de Yuri Gágarin ao espaço aumentou ainda mais a pressão do governo norte-americano sobre o cientistas espaciais: Custasse o que custasse, mas a falha precisava ser descoberta.

Para piorar a situação, Kennedy não queria mais um homem simplesmente no espaço, mas sim na Lua !

Um dos astrônomos da equipe ( Harold Hill - ele relata o fato em seu livro "How to Live like a King`s Kid) lembrou-se de que na sua infância havia ouvido contar uma história desta na Escola Bíblica de uma igreja que freqüentava com sua avô. O fato foi levado aos demais cientistas, que a princípio acharam um absurdo. Porém, qual melhor explicação sobre o assunto do que o relato do Velho Testamento?

O problema estava quase solucionado, mas ainda faltavam 40 minutos!

Um segundo problema surgia (relatado no Swedish Goteborgs Tidningen de 5 de Março de 1981) . Cientistas da Universidade de Estocolmo descobriram que a inclinação da Terra sofreu uma mudança brusca no dia 3 de Maio de 1371 A. C. Mesmo recusando-se à aceitar a explicação Bíblica, não houve outra solução à não ser continuar as pesquisas sobre relatos históricos que pudessem comprovar a ausência deste tempo na história do Universo.

Em Isaías 38: vs. 8 encontraram: "Eis que farei voltar atrás dez graus a sombra do relógio de Acaz...". Nos tempos antigos eram usados relógios solares que mostravam as horas pela projeção da sombra sobre um haste. Estes relógios possuíam um semicírculo de 180° destinados às 12 horas de exposição ao Sol. Cada hora era equivalente a 15°, assim 10 ° seriam o mesmo que 40 minutos - Justamente o tempo que faltava ao fenômeno assistido por Josué para completar as 12 horas que milhares de anos depois os computadores da NASA descobriram estarem faltando!

Há vários relatos bíblicos sobre este fenômeno: E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro Josué 10:13

O sol e a lua pararam nas suas moradas; andaram à luz das tuas flechas, ao resplendor do relâmpago da tua lança. Habacuque 3:11

O que fala ao sol, e ele não nasce, e sela as estrelas. Jó 9:7 (Profecia e reconhecimento do poder de D‘us, pois a época de Jó é anterior a de Josué).

O grande problema é que o Dia de Josué derruba a teoria do heliocentrismo e reforça o (geocentrismo). Biblicamente toda a escritura é inspirada Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra ( 2Tm 3.16-17).

Um "longo dia" para Josué significou que em outras partes do mundo existiram "longas tardes", "longas noites", "longos crepúsculos"... Os hieróglifos do Egito registram "um dia de confusão no movimento dos astros", Os registros chineses dão conta que no tempo do 7º Imperador o Sol parou no horizonte ao entardecer e não quis permitir a chegada da noite, Na América do Norte tribos como os Ojibaways, wyandot, Omahas, Dogrib possuem relatos que confirmam tanto o dia de Josué como o milagre de Ezequias.

Os anais de Chauhtitlan dos índios mexicanos registram uma longa noite. No Peru, Montesinos acusou Yupanqui Pachacuti II de ser o culpado pela "grande noite" em virtudes dos seus pecados...

Deus Criador, pelo seu poder, em uma única e exclusiva oportunidade, fez com que Todo o Universo parasse por 11 horas e 40 minutos e depois, para um reequilíbrio, girasse em sentido oposto durante 40 pequenos minutos. Tudo isto, para mostrar que acima das leis físicas que regem o Universo, existe um Ser que Criou e coordenas estas leis.

Milagres como estes são difíceis de ser aceitos, mas até mesmo o mais cético dos cientistas teve que acatar a veracidade dos fatos. Segundo o que nos diz o texto bíblico, outro dia como este nunca existiu antes e nem haverá depois. Foi um fenômeno Único.

Entretanto, Deus continua o mesmo. Não mudou. Continua fazendo com que coisas "impossíveis" aos homens, continuem acontecendo. Afinal, Ele é o Senhor dos Impossíveis.

Fonte: Web Site do Criacionismo Bíblico

Se a Bíblia tivesse caído na armadilha dos críticos insensatos, aí sim estaria incorrendo em flagrante erro, pois se tivesse dito que a terra tivesse parado, isso seria um tremendo disparate astronômico: a lua e todo o sistema solar sairiam em disparada a 500.000 milhas por hora, deixando a terra a "ver navios"!

Se a Bíblia tivesse caído na outra armadilha dos críticos insensatos, aí sim estaria novamente incorrendo em outro flagrante erro, pois se tivesse dito apenas que a terra tivesse parado de girar, isso seria outro tremendo disparate astronômico: a lua teria continuado a sua órbita em torno da terra e o sol também não teria ficado imóvel no céu de acordo com o ilustrado na figura acima.

Se a Bíblia tivesse caído na outra armadilha dos críticos insensatos, aí sim estaria novamente incorrendo em outro flagrante erro, pois se tivesse dito apenas que a terra tivesse parado em relação à sua órbita, isso seria outro tremendo disparate astronômico: a lua teria continuado a sua órbita em torno do sol e não teria ficado imóvel no céu (como declarado no texto)e sairia a 66.000 milhas por hora em torno do sol de acordo com o ilustrado na figura acima.

Se a Bíblia tivesse caído nessa quarta armadilha dos críticos insensatos, aí sim estaria novamente incorrendo em outro flagrante erro, pois se tivesse dito apenas que a terra e a lua tivessem parado em relação às suas órbitas, isso seria outro tremendo disparate astronômico: a lua poderia ter continuado a rotação em torno do seu eixo e a terra também, desacreditando completamente o milagre relatado no texto Bíblico, ficando então de acordo com o ilustrado na figura acima, fenômeno insuficiente para cessar o movimento do sol no céu.

Se a Bíblia tivesse caído nessa outra armadilha dos críticos insensatos, aí sim estaria novamente incorrendo em outro flagrante erro, pois se tivesse dito qualquer conceito humano semelhante ao declarado acima estaria pecando pelo excesso de verborréia. Deus não precisaria incluir na Sua Palavra infindáveis fórmulas matemáticas de mecânica celeste de todos os astros, só para convencer os ímpios blasfemos. Milhões mais estariam no inferno antes de chegarem à conclusão de que tudo estaria correto e a Bíblia seria uma enciclopédia de milhares de volumes!

A linguagem de aparência como usada em Josué e em outros textos como "o pôr-do-sol" ou "o nascer-do-sol" é uma linguagem plenamente científica. Já que ninguém sabe onde é o centro do universo e TODOS os movimentos conhecidos pelo homem, são movimentos RELATIVOS e como tal, a declaração Bíblica está em perfeita harmonia com a lógica, o bom senso, pois o ponto de referência da linguagem de aparência deve ser o mais CONVENIENTE para o observador! Obrigado Senhor! Veja a genialidade e simplicidade da científica e infalível Palavra de Deus: " E o sol deteve-se e a lua parou..."( Js 10.13)

A ciência diz que o sol não gira e que a terra é que gira e agora crer em quem, na Bíblia ou na ciência? Cremos na Bíblia e não contestaremos a ciência porque Josué não era cientista, mas um humilde e fiel servo de Deus. Ele estava preocupado com a luz solar e nada mais.

Os combatentes os ateus e incrédulos aproveitam esse texto para dizerem que aí há uma contradição entre a ciência e a Bíblia eles se esquecem que Josué não era um cientista, mas servo do Deus Altíssimo, por quem tudo fora criado. Veja o que diz em (Gênesis 1:14) “E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos”.

É obvio que Deus tem poder sobre obra que criara. A ciência estando certo, o milagre fora maior. Deus atendendo a oração de Josué parou todo sistema solar. Temos na Bíblia outros exemplos de interferência de Deus na natureza, exemplos: O mar Vermelho abriu para o povo passar. Dizem os combatentes que de certo em certo tempo um forte vento abria o mar e que Moises aproveitou uma dessas oportunidades, todavia é certo que Deus usou um forte vento para abrir passagem. Pergunto; e a ventania que aparecia de certo em certo tempo acabou? Outros dizem que Moises conhecia bem o mar e sabia que existia um lugar raso, mas a Bíblia diz que entraram pelo mar em seco, (Êx 14:22) “E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas lhes foram como muro à sua direita e à sua esquerda”.

E o lugar raso desapareceu?? Ou ainda existe? Houve também intervenção de Deus no rio Jordão, esse rio parou para Israel passar, (Js 3:15 e 16). No versículo 17 do mesmo capitulo diz; “Porém os sacerdotes que levavam a arca do concerto do SENHOR pararam firmes em seco no meio do Jordão; e todo o Israel passou em seco, até que todo o povo acabou de passar o Jordão”.

Havia ali também lugar raso ou ventania? Diante do exposto sabemos e cremos que Deus interfere e interferirá na natureza quando bem Lhe aprouve, após o arrebatamento haverá uma mui grande interferência de Deus na natureza em toda terra para o julgamento das nações.

Mas no caso de Josué o sol parou ou não? Sim, para nós que não somos cientistas e cremos na Bíblia o sol parou, não importa como, sua luminosidade se deteve conforme a necessidade do homem de Deus. Assim sendo, todo o sistema solar parou diante do pedido de Josué. O que é difícil, mas não impossível para Deus é Ele interferir na natureza do ateu, incrédulo e dos combatentes para curar-lhes a cegueira espiritual que os domina e os impedem de crerem nas verdades bíblicas.

Vejamos o que a Bíblia diz em (1 Co 2.14) “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parece loucura...” Pare ó irredutível e incrédulo combatente, pense; melhor é crer em Deus, porque você creia ou não, a Palavra de Deus é verdadeira, soberana e seu cumprimento é certo, escapa-te do juízo final crendo em Cristo.

Creia em Jesus Cristo e leia a Bíblia.

Que Deus ilumine os nossos corações a ponto de pela fé acreditarmos na sua Palavra com ela é, e não como gostaríamos que ela fosse. Para isso precisamos além de ter nascidos de novo crer pela fé naquilo que Ele falou; sem contudo tentar utilizar da falsa ciência pois esta apenas incha o homem de orgulho.

Fique Com Deus e que Ele ilumine os nossos corações para a glória de Deus. Amém!

Autor: Jânio Santos de Oliveira