Procure

Estudo Bíblico O Homem Bem Sucedido


O que deveria um homem fazer com sua vida? Temos apenas uma vida para viver e há tantas metas que um homem pode querer atingir! Mas o que um homem deveria fazer de modo a tornar sua vida um sucesso? O sucesso na vida pode parecer certamente ser um alvo ilusório. Temos que decidir em que constitui o "sucesso" e então devemos decidir se, e quando, atingimos a meta. Ao envelhecermos, descobrimos muitas vezes que aquelas coisas que pensávamos que constituíam o sucesso, na verdade enchem nossa vida de vazio.

Os jovens, que estão no início da vida, defrontam com esta questão: Que farei com o resto de minha vida? Todos nós temos que responder a essa mesma pergunta, mas este estudo se concentrará sobre a resposta que um homem tem que dar. Naturalmente, a respeito de algumas coisas, uma vida bem sucedida, tanto de homens como de mulheres, será a mesma coisa, mas há algumas responsabilidades especiais que cabem ao homem.

É natural, entre os rapazes, nos anos antes da maioridade, procurar um modelo entre aqueles homens que a sociedade considera bem sucedidos. A sociedade muitas vezes glorifica o atleta que possui capacidade física excepcional, mas que demonstra caráter inferior. Muitas pessoas imaginam que o homem perfeito é aquele que tem tremenda força física e, na verdade, a sociedade o admira por isso. A sociedade também mostra o homem com poder ou riqueza como um sucesso. Muitas vezes, tais indivíduos passaram por cima de outros, em sua decidida busca de satisfação de desejos mundanos, mas a capacidade para manejar tais poderes é admirada por muitos. Como observamos anteriormente, é freqüente esses indivíduos atingirem o topo só para descobrir que ele vale menos do que tinham imaginado.

Precisamos nunca esquecer que Deus criou o homem. Ele nos conhece melhor do que a nós mesmos. Além disso, Deus sabe o que satisfará o homem; ele sabe que tipos de realizações são de valor duradouro e satisfarão o lado espiritual do homem. Que tipo de homem Deus considera um homem perfeito, um homem bem sucedido? A Bíblia é o manual de Deus para o homem piedoso, e como tal contém informação de como um homem deverá agir em cada relação que ele tiver.

A verdade é que o homem é bem sucedido nesta vida somente quando serve seu Criador. O profeta Miquéias escreveu: "Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus" (Miquéias 6:8). O homem que deseja andar com Deus humilhar-se-á e obedecerá aos mandamentos do evangelho para crer em Jesus, arrepender-se de seus pecados, confessar sua fé em Cristo e ser batizado (Marcos 16:16; Atos 2:38; Romanos 10:9-10).

Quando um homem se torna um cristão, ele tem responsabilidade para com outros cristãos, por causa da relação que ele tem com Cristo. Ele buscará outros cristãos com quem adorar e trabalhar (Hebreus 10:24-25). Ele precisa crescer em seu conhecimento da palavra de Deus, de modo que seja capaz de partilhar a mensagem da reconciliação com outras pessoas (2 Pedro 3:18; Hebreus 5:11-14). Cada parte do corpo de Cristo, a igreja, deverá contribuir para o bem do todo, usando todas as abilidades que cada um possui (Efésios 4:11-16). Os homens precisam tentar qualificar-se para servir como diáconos ou presbíteros na congregação local. Desenvolver o caráter espiritual que o Senhor exige de diáconos e presbíteros exige tempo e persistência no estudo (1 Timóteo 3; Tito 1:5-9).

O homem bem sucedido de Deus pode não ser um homem rico ou influente, mas é um bom cidadão. Ele mostra respeito a Deus obedecendo às leis da terra até onde elas não conflitem com a lei de Deus. Ele sabe que Deus ordenou ao governo que providencie a ordem na sociedade e, assim, ele obedece à lei como se estivesse obedecendo ao próprio Deus. O Espírito Santo ordena: "Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus, e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação. . . . É necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa do temor da punição, mas também por dever de consciência" (Romanos 13:1-2, 5). Assim, o homem que agrada a Deus anda correto diante dos outros, pagando seus impostos e mostrando respeito pelas leis que existem na terra (1 Pedro 2:11-17).

O homem bem sucedido é um bom trabalhador. Como empregado, ele trabalha pelo salário que recebe, sabendo que esse trabalho é, na realidade, um contrato entre o empregador e o empregado. Ele trabalha de tal modo que possa manter uma boa consciência, tanto diante do seu empregador como de Deus. Paulo escreveu: "Servos, obedecei em tudo ao vosso senhor segundo a carne, não servindo apenas sob vigilância, visando tão somente agradar homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor. Tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como para o Senhor, e não para homens, cientes de que recebereis do Senhor a recompensa de herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo" (Colossenses 3:22-24). O homem de Deus é honesto e operoso, trabalhando de modo que possa ser capaz de ajudar outros (1 Tessalonicenses 4:9-12; 1 Pedro 4:15; 2 Tessalonicenses 3:6-12; Efésios 4:28).

Se um homem tem esposa e filhos, ele precisa providenciar as necessidades físicas deles, por meio dos frutos do seu trabalho. Desde o começo, Deus tem dado ao homem a responsabilidade de dar o que a família necessita (Gênesis 3:17-19). De fato, o homem que não quer prover a satisfação das necessidades de sua própria família é pior do que um incrédulo (1 Timóteo 5:8). Não há nenhuma garantia que procurando um emprego vai ser fácil, mas o homem que é preguiçoso e não está disposto a trabalhar para sustentar sua própria família deve se envergonhar. A Bíblia diz: "Se alguém não quer trabalhar, também não coma" (2 Tessalonicenses 3:10).

O homem bem sucedido de Deus, contudo, tem outras responsabilidades para com sua família além de cuidar das suas necessidades físicas. Ele tem que amar sua esposa como ama a si mesmo. Ele é o cabeça de sua esposa, mas a conduz com amor em vez de força. O apóstolo Paulo escreveu: "Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água e pela palavra, para apresentar a si mesmo Igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem cousa semelhante, porém santa e sem defeito. Assim também os maridos devem amar sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama" (Efésios 5:25,29). Tal homem não tira vantagem da submissão bíblica de sua esposa, mas em vez disso cuida dela como cuidaria de seu próprio corpo. É comum pessoas pensarem que um homem tem que dominar sua esposa com dureza de modo a provar que ele é verdadeiramente um homem! Nas mentes de tais pessoas, ser o cabeça da esposa supõe-se que permita ao esposo demonstrar raiva ou amargura para com sua esposa. Mas Deus aconselha gentileza, bondade e ternura (Efésios 4:31-32; Colossenses 3:12-13, 19; 1 Pedro 3:7).

O homem bem sucedido de Deus é também o chefe espiritual da família. Os filhos são uma dádiva do Senhor (Salmo 127:3) e assim o pai bem sucedido ensina a seus filhos o caminho do Senhor (Efésios 6:4). Para conseguir sucesso a este respeito, ele precisa trabalhar diligentemente, instruindo seus filhos conforme ele tem oportunidade (Deuteronômio 6:4-9). Naturalmente, ele próprio precisa aprender e andar nesse caminho para que sua família possa ver seu bom exemplo. Ele precisa ser paciente com seus filhos, de modo que eles não fiquem desanimados (Colossenses 3:21), justamente como Deus é paciente com seus filhos espirituais, mas ele não aceita que os filhos façam coisas erradas.

O homem que tem bom sucesso na vida é aquele que permite a Deus dirigir seus passos em qualquer situação, como um membro do corpo espiritual de Cristo, a igreja, como um cidadão, um empregado e um esposo ou pai. No dia do Juízo Final, o Senhor não perguntará com que velocidade uma pessoa pode correr, a que distância pode chutar uma bola, quanto dinheiro acumulou através de negócios, ou mesmo quão famoso foi na vida. Cada um de nós será julgado pelo manual do sucesso do Senhor (João 12:48). A medida de nosso sucesso será como seguimos o projeto do Senhor para um homem piedoso. O mundo, certamente, mede os homens por um padrão diferente, mas é a Deus a quem devemos prestar contas.

Autor: Allen Dvorak