Procure

Sê Fiel Até à Morte, e Dar-te-ei a Coroa da Vida


(v.8) "Ao anjo da igreja em Esmirna escreve: Estas coisas diz o primeiro e o último, que esteve morto e tornou a viver: (v.9) Conheço a tua tribulação, a tua pobreza (mas tu és rico) e a blasfêmia dos que a si mesmos se declaram judeus e não são, sendo, antes, sinagoga de satanás. (v.10) Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. (v. 11) Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte" ( Ap 2.8-11)

O propósito de Deus para as nossas vidas é o de irmos até o fim, de irmos sempre adiante e nunca retroceder. Ele diz em Apocalipse “Sê fiel até a morte e te darei a coroa da vida”. Muitos acham que morreu acabou, isso não é verdade! Sabemos que existe a salvação eterna e a condenação eterna.

Mas no sentido físico, em contato com o mundo natural, podemos afirmar que a morte é o fim. Vai até o fim, que fim? O fim da tua jornada aqui nessa terra. Deus quer que, quando chegar o último dia de vida aqui nesta terra, podermos dizer tal qual o apóstolo Paulo: “Combati o bom combate completei a carreira e guardei a fé”. É isso que o nosso Deus quer de nós! Não importa qual seja a situação que estamos atravessando, Deus quer que cheguemos até o fim dela.

1. A cidade de Esmirna na antigüidade foi por muitos anos uma cidade muito rica, antes de ser destruída totalmente no século VI a.C.. Mais tarde, por volta do ano300 a.C., foi reconstruída por Alexandre, o grande. Daí para a frente tornou-se uma das cidades mais importantes e prósperas da Ásia Menor, devido a alguns fatores:

a) Ali foi erigido um templo à deusa Roma, uma vez que a cidade era aliada e fiel à Roma. Era também o porto natural de antiga rota comercial que atravessava o vale do Hermo, e seu interior era muito fértil. Atualmente a cidade chama-se Izmir, e é a maior cidade da Turquia Asiática.

b) O nome da cidade, Esmirna, significa "mirra", substância extraída de uma planta por esmagamento. Esta substância era usada na fabricação de perfumes e embalsamento de corpos.

Um ponto importante a destacar é que os crentes de Externa foram literalmente esmagados, tornando-se um cheiro de perfume suave para Deus.

A história da Igreja narrada por Eusébio em sua obra denominada "História Eclesiástica", nos conta que foi em Esmirna que Policarpo, um discípulo do Apóstolo João, e principal pastor da Igreja, foi martirizado no ano de 159 d.C., sendo queimado vivo numa fogueira, porque recusava chamar os seus irmãos em Cristo de hereges.

4. O Evangelho provavelmente chegou em Esmirna, desde data bem recuada, presumivelmente tendo vindo de Éfeso, quando Paulo lá esteve por dois anos, conforme nos registra At 19.10: "Durou isto por espaço de dois anos, dando ensejo a que todos os habitantes da Ásia ouvissem a palavra do Senhor, tanto judeus como gregos". Vejamos a carta que Cristo endereçou a esta Igreja.

"Ao anjo da igreja em Esmirna escreve: Estas coisas diz o primeiro e o último, que esteve morto e tornou a viver" vs. 2.8

1. O Senhor se apresenta como sendo "o primeiro e o último, o que foi morto e agora vive".

a. Como "Primeiro e último", Cristo é a origem de todas as coisas. Para Ele não existe passado, presente e futuro. Ele é o dono da eternidade, Ap 1.8, "Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso".

b. Como "morto que agora vive", Cristo passou a ser a esperança dos mortos. Esta frase alude à ressurreição do Senhor, que é o tema central do cristianismo, 1 Co 15.12-19,

(v.12) Ora, se é corrente pregar-se que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como, pois, afirmam alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? (v.13) E, se não há ressurreição de mortos, então, Cristo não ressuscitou. (v.14) E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé; (v.15) e somos tidos por falsas testemunhas de Deus, porque temos asseverado contra Deus que ele ressuscitou a Cristo, ao qual ele não ressuscitou, se é certo que os mortos não ressuscitam. (v.16) Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. (v.17) E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. (v. 18) E ainda mais: os que dormiram em Cristo pereceram. (v.19) “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens”. 1 Co 15.12-19

Cristo prometeu à sua Igreja, na qualidade de quem vive, e que foi a "primícia" da vitoriosa ressurreição dos santos, que todos aqueles que ressuscitarem segundo à sua imagem, irão participar de sua natureza e de seus atributos na eternidade. “Nossos corpos serão “incorruptíveis”, 1 Co 15.53-57, “

(v.53) Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade.  (v.54) E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória. (v. 55) Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? (v. 56) O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. (v. 57) “Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo”. 1 Co 15.53-57

2. Cristo está ciente do sofrimento da Igreja, e está perfeitamente qualificado para confortá-los e lhes trazer conhecimento certo de primeira mão.


1. A promessa de Cristo é dupla: "Sê fiel até à morte e eu te darei a Coroa da Vida" e "... O que vencer não receberá o dano da Segunda Morte".

a) Ainda que fossem mortos, a "Coroa da Vida", lhes estava preparada. Devemos lembrar que nome desta cidade, como vimos anteriormente, significa "mirra", uma substância usada na fabricação de perfumes e em embalsamentos.

A mirra foi uma das substâncias usadas no sepultamento de Jesus, Jo 19.38-40, "38 Depois disto, José de Arimatéia, que era discípulo de Jesus, ainda que ocultamente pelo receio que tinha dos judeus, rogou a Pilatos lhe permitisse tirar o corpo de Jesus. Pilatos lho permitiu. Então, foi José de Arimatéia e retirou o corpo de Jesus.

fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.
(v. 39) E também Nicodemos, aquele que anteriormente viera ter com Jesus à noite, foi, levando cerca de cem libras de um composto de mirra e aloés. (v.40) Tomaram, pois, o corpo de Jesus e o envolveram em lençóis com os aromas, como é de uso entre os judeus na preparação para o sepulcro". A morte dos mártires, é uma fragrância que toma conta da Casa Inteira de Deus.

A morte por martírio traria para eles a "Coroa da Vida", prêmio especial para este tipo de sacrifício. Os corredores olímpicos vencedores, ganhavam a "Coroa de Louros"; Os mártires do Reino, também vencedores, ganham a "Coroa da Vida".

c. Não seriam alcançados pela "Segunda Morte". Os descrentes quando morrem, encontrarão uma segunda morte, Ap 20.14-15,

(v.14) Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. (v. 15) E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo". O crente quando morre, encontra a vida eterna, "E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna."( Mt 25.46).

Em Ap 21.1-7, a Palavra de Deus descreve como será a vida do justo na eternidade:
"(v.1) Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. (v.2) Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. (v.3) Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. (v.4) E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram. (v.5) E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras. (v.6) Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida. (v.7) O vencedor herdará estas coisas, e eu lhe serei Deus, e ele me será filho".

Daniel 12:13 “Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim; pois descansarás e, ao fim dos dias, te levantarás para receber a tua herança.

Essa foi a ordem de Deus, dada a Daniel, através do anjo, de ir até o fim. Observe que no versículo 8, Daniel diz:” Eu ouvi, porém não entendi; então, eu disse: meu Senhor, qual será o fim destas coisas?

Às vezes, existem coisas que acontece que não entendemos, e ficamos pasmos e pensamos: Como isso pode está acontecendo? Quantas abominações no meio do povo, que se dizem crentes! Quantas injustiças! Quanto partidarismo! Coisas, que às vezes falamos, Senhor não dão pra entender o porquê de tudo isso.

Porque, Deus? Claro, sabemos que por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriaria. Sendo o Senhor, o Deus de justiça, porque muitos ainda estão impunes? E o Senhor nos diz: “Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim o fim”. Essa é a ordem do Senhor - de ir em frente, ir adiante.

“Aquele que milita não pode se embaraçar com as coisas dessa terra”. As fofocas, a falta de amor, os partidarismos, divisão, injustiça, pessoas usando púlpitos das igrejas para desabafos, e também, para humilhar os outros, isso são coisas dessa terra; Não podemos nos embaraçar com elas.

Às vezes, não entendemos certas coisas, mas não devemos parar, temos que ir até o fim.

Irmãos, não vamos deixar que nada nos pare! Se te discriminam, vai até o fim! Se te caluniam, vai até o fim! Se quiserem te barrar na igreja, vai até o fim! Se disserem que Deus não está na tua vida, não se preocupe se você tem convicção que Ele está, vai até o fim! Se quiserem arrancar o teu ministério, não se preocupe, pois nenhum homem pode arrancar isso de você; Só o próprio Deus, ou você mesmo pode dizer não para o ministério. Podem não te dar oportunidades nas igrejas, mas o mundo é teu, a seara é grande, vai até o fim.

Tem coisas que o Senhor se preocupa em nos explicar, outras não. Tem coisas que você terá que passar, mesmo que não entenda. Mas no final, o nome do teu Senhor será glorificado e Ele te exaltará, e todos verão, inclusive aqueles que te perseguiram e desejaram a tua queda.

No capítulo 8:15-19, Deus dá a entender, ou seja, Deus se preocupa a explicar pra Daniel a visão que ele teve, e lhe explica detalhes por detalhes, ou seja lhe dá o entendimento daquela visão.

Já em Daniel 12: 8,9, Deus diz para Daniel que as palavras estão seladas; ele não as poderá entender, pois será para o fim dos tempos.

Sabemos que esse é um capitulo escatológico (estudo das coisas concernente ao fim), e que realmente, Daniel não ia entender nada daquilo, mas nós, hoje, pelos estudos, entendemos muito bem; Não era para a época de Daniel, mas sim, para a nossa. Então, fica claro que tem coisas que não entenderemos, pelo menos, por enquanto, como disse Jesus para Pedro “O que eu faço, não entendes tu agora, mas entenderás depois” (Jo 13:7).

Essa expressão “entenderás depois” Jesus estava querendo mostrar para Pedro que ele não estava entendo naquele momento, mas quando ele fosse um líder, liderando um rebanho, iria entender.

Mesmo estando nessa posição, ele não poderia nunca se esquecer de que mesmo sendo um líder, teria que se humilhar e considerar os outros superiores a si mesmo. Ele nunca deveria se sentir num pedestal, mas descer a cada dia, e que se preciso fosse, até lavar os pés dos outros.

Depois Pedro entendeu isso muito bem, quando declarou: “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte” (I Pe 5:6).

Portanto, não te preocupe, o teu tempo vai chegar! Só que o tempo de Deus não é o nosso. Antes que o tempo Dele chegue, muitas coisas podem acontecer. Coisas maravilhosas, pelas quais você se alegrará, entenderá e glorificará a Deus por elas.

E coisas, que você vai dizer como disse Daniel - não estou entendendo, como pode isso está acontecendo? Duas coisas poderão acontecer: ou Ele te mostrar o porquê, ou Ele te dizer: Isso está selado! Não quero te revelar! Mas uma coisa te digo: Não desanimes, não pares nessa caminhada, Vai até o fim.

Ele pode não lhe dá a resposta que você queira ouvir, mas sempre lhe dará uma resposta. Daniel não ficou sem resposta, e com a resposta que Deus lhe deu perseverou até o fim.

Deus quer contar conosco, e como ele tem contado! Temos visto vidas serem libertas das garras do diabo, através de uma oração que colocamos diante Dele, de um estudo, de uma palavra dita ao seu tempo. Isso é a prova de que Deus tem contado conosco salmista diz: “Não toqueis nos meus ungidos nem maltrateis aos meus profetas” (Sl 105:15).

A ordem de Deus para você hoje é: “Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim”. Deixa quem quiser te perseguir, quem quiser te caluniar, quem quiser tentar impedir o ministério que Deus te entregou, (vão continuar tentando) deixa, vai até o fim! Deus é quem sabe o dia do fim, para essa luta, essas dificuldades que estás enfrentando. Ele é fiel!

Se realmente formos até o fim, como é o propósito do Senhor, alcançaremos a nossa vitória. Mas, se pararmos, ou se voltarmos atrás, seremos vencidos, destruídos por nossos adversários.

Portanto, não se desespere! Essa situação que você está vivendo, chegará ao fim, pois o nosso Deus é: “O Alfa e o Ômega, o princípio e o fim”. Isso nos garante que Ele está no controle de tudo e que nada está passando despercebido diante dos Seus olhos.

Você pode não está entendendo o porquê de tudo isso que está acontecendo, mas Ele entende e sabe o porquê. Está permitindo você passar por tudo isso, para glorificar o nome Dele em sua vida, e poder dizer ao teu respeito: “Servo bom e fiel, porque perseveraste até o fim te darei a coroa da vida”.

Autor: Jânio Santos de Oliveira