Procure

Onde Está o Seu Coração?


Em Mateus 6.19–21:, o Senhor Jesus disse: Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam. “Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração”. Ao observamos tal passagem, vemos claramente o foco de onde estão os olhos de Deus: no coração do homem! Em toda escritura em toda a palavra de Deus, em toda a nossa experiência no relacionamento com Deus e Dele para conosco, vemos que verdadeiramente o que Deus vê, o que vale para Deus, o que importa para Deus é verdadeiramente o seu coração. Isso porque o coração expressa o que há de mais real, ou seja, o que há no fundo no intimo do seu ser.

Preocupou-se pois o Senhor Jesus a advertir-nos que não colocássemos o nosso coração em nada deste mundo corruptível e passageiro; e principalmente no dinheiro, que tem o poder de iludir ao homem que possuindo coisas deste mundo pensa que é seguro, quando a verdadeira segurança está num coração que acumula tesouros no céu com certeza de que se está fazendo a vontade de Deus.

Ora, é fundamental que o todo cristão entenda está passagem, mas que viva – na pratica – esta realidade do reino de Deus. O Espírito Santo fica impossibilitado de viver em nós, de realizar em nós a vontade do Pai, caso o nosso coração esteja apoiado em alguma coisa material deste mundo. É claro que vivemos neste mundo e precisamos comer, se vestir, morar e nos locomover; é claro que como filhos e herdeiros de Deus, temos o direito de possuir o melhor desta terra; mas nunca podemos iludir e pensar que se temos coisas materiais, temos segurança; nunca devemos confiar em coisas corruptíveis, que se destroem com o tempo, mas sim nas coisas eternas.

Ai, nós podemos entender o porquê do Deus pai ter instituído o dizimo e as ofertas. Quando oferecemos aquilo que para o mundo tem tanto valor (dinheiro), espiritualmente o dinheiro se transforma em dizimo e ofertas e demonstra a Deus aonde está o nosso coração: não no dinheiro, mas em Deus, nossa segurança, nossa fé. Quando dizimamos e ofertamos o melhor que temos com alegria, fazemos o que o Apostolo Paulo disse em 2Tm 1:14” Guarda o seu bom deposito”. Assim depositamos no céu, com a fé salvadora, aquilo que nos trará riquezas celestiais.

Também assim quando, oferecêssemos nossos dízimos e ofertas ou nossos tesouros à Deus, recebemos muito mais do que damos, pois o que vivemos aqui é a sombra do que estamos construindo no céu. Ora, se eu mostro a Deus que meu coração está nEle, Ele sabe que poderá me dar muito, pois este muito não ameaçará minha salvação, não tem poder para me desviar da fé salvadora em Cristo Jesus!!!

Temos a consciência que ser Cristão é ser fiel ao Senhor em tudo pois, Ele tem nos ajudado e com certeza quer transformar uma vida normal em uma vida com abundancia, mas para isso temos que dar o primeiro passo e deixar o medo de lado, colocando nossa vida financeira em ordem a começar pela a casa de Deus, sendo fiel nos Dízimos e nas Ofertas. Contribua a Deus de acordo com a sua renda, para que Deus não torne a sua renda de acordo com a sua contribuição.

Agora, reflita e prove a você mesmo! Sou fiel ao Senhor nos dízimos e nas ofertas.

|  Autor: Pastor Zico  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |