Procure

O Médico dos Médicos


A sogra de Simão achava-se acamada, com febre; e logo lhe falaram a respeito dela. Então, aproximando-se, tomou-a pela mão; e a febre a deixou, passando ela a servi-los. Marcos 1:30-31.

Irmãos devemos ter cuidado para que a nossa fé envolva não somente a cabeça, mas também o coração. Cuidemos para que o nosso conhecimento exerça uma influência santificadora sobre nossos afetos e nossas vidas. Não somente conheçamos a Cristo, mas igualmente amemo-Lo, motivados pelos reais benefícios que temos recebido dEle. Devemos não apenas crer que Ele é o Filho de Deus e o Salvador do mundo, mas também precisamos regozijar-nos nEle com coração resoluto. Estejamos familiarizados com Cristo, não só por ouvirmos a seu respeito, mas também por pedirmos diariamente sua misericórdia e graça. E nEle nós temos misericórdia e graça, pois é a Sua natureza. Leiamos Salmos 103:8 O SENHOR é misericordioso e compassivo; longânimo e assaz benigno.

Em nosso texto que estamos considerando, vimos que a sogra de Pedro estava com febre e acamada. Diante desta cena precisamos tirar uma preciosa lição. Aprendamos a que remédio o regenerado deve recorrer, antes de tudo, nos tempos de tribulação. Nós cristãos precisamos imitar o exemplo dos amigos da sogra de Simão Pedro. Lemos que, quando ela “achava-se acamada, com febre”, esses amigos logo lhe falaram a respeito dela. Não existe medicamento que se compare a esse. Os meios postos à nossa disposição devem ser usados com diligência, sem dúvida, em todo momento de necessidade. Os médicos devem ser consultados em caso de enfermidade. Os advogados devem ser ouvidos quando a propriedade ou o indivíduo precisam de defesa. A ajuda dos amigos deve ser procurada. No entanto, a primeira coisa que devemos fazer é clamar ao Senhor Jesus Cristo, rogando-Lhe socorro. Salmos 30:2 SENHOR, meu Deus, clamei a ti por socorro, e tu me saraste.

Irmãos, ninguém será capaz de nos aliviar com tanta eficácia quanto Ele. Ninguém é tão compassivo e tão disposto a aliviar nossas dificuldades. Vamos citar exemplos. Quando Jacó se viu envolvido em grande dificuldade, primeiramente voltou-se para Deus e suplicou: Livra-me das mãos de meu irmão Esaú, porque eu o temo, para que não venha ele matar-me e as mães com os filhos. Gênesis 32:11.

Quando Ezequias sentiu-se pressionado, antes de qualquer coisa abriu, diante do Senhor, a carta enviada por Senaqueribe; e, então rogou: Agora, pois, ó SENHOR, nosso Deus, livra-nos das suas mãos, para que todos os reinos da terra saibam que só tu és o SENHOR Deus. 2 Reis 19:19.

Quando Lázaro adoeceu gravemente, suas irmãs imediatamente mandaram dizer a Jesus: Senhor, está enfermo aquele a quem amas. João 11:3b.

Vivemos em um mundo caracterizado pelo pecado e pela tristeza. São muitos os dias tenebrosos na vida de uma pessoa. Não é necessário alguém ter visão profética para prever que haveremos de chorar muito e sentir muitos apertos no coração, antes de morrermos. Amada igreja que foi comprada pelo precioso sangue de Cristo, estejamos armados com a receita contra o desespero, antes que surjam nossas dificuldades. Devemos saber o que fazer, quando a enfermidade, a perda de um ente querido, a perseguição por causa de Cristo, os fracassos e os desapontamentos caírem sobre nós, como se fossem homens armados. Façamos conforme se fez na casa da sogra de Pedro, em Cafarnaum. Contemos tudo, na hora, a Jesus. Vamos levar as pessoas ao Senhor. Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. E o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora. Mateus 11:28 e João 6:37b.

Se o nosso Senhor Jesus é o Médico dos médicos, devemos levar as pessoas até Ele. Está é uma grande lição para nós; levar as pessoas com qualquer tipo de enfermidades a Cristo. Na cura da sogra de Pedro, temos que tirar mais outra valiosa lição. Neste episódio, aprendamos sobre a completa e perfeita cura que o Senhor realiza. Cristo tomou aquela mulher enferma pela mão, ergueu-a do leito e, imediatamente, “a febre a deixou”. Entretanto, isso não foi tudo. Observem que um milagre ainda maior foi efetuado. Em seguida lemos que a sogra de Pedro passou a “servi-lo”. No caso da sogra de Pedro, a debilidade física e a prostração que os estados febris geralmente impõem a todas as suas vítimas foram prontamente removidas. A mulher que tinha febre não só foi curada num momento, mas também, foi fortalecida e capacitada a trabalhar. Nesse incidente de cura, podemos perceber um símbolo vivo de como Jesus Cristo cuida das almas enfermadas pelo pecado. O nosso bendito Salvador não somente concede misericórdia e perdão; mas também nos proporciona sua graça renovadora. Primeiro Jesus nos liberta e purifica, para Ele mesmo, então agora podemos servi-Lo. O qual a si mesmo se deu por nós, a fim de remir-nos de toda iniqüidade e purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras. Tito 2:14.

Jesus confere o poder de serem feitos filhos de Deus a todos os que O recebem como o Médico de suas almas. Ele os purifica, mediante Seu Espírito, quando os lava em seu precioso sangue. Aqueles a que Ele justifica, a esses também santifica. Quando Jesus concede a absolvição, também concede um coração novo que jamais se aparta dEle. Farei com eles aliança eterna, segundo a qual não deixarei de lhes fazer o bem; e porei o meu temor no seu coração, para que nunca se apartem de mim. Jeremias 32:40.

Quando Ele nos proporciona o perdão gratuito incluindo-nos em Seu corpo na cruz, Cristo, pela nossa ressurreição juntamente com Ele, nos dá a cada um de nós, forças para “servi-Lo”. A alma, enfermada pelo pecado, não é meramente curada, para então ser entregue a si mesma; ela recebe um coração novo e um espírito reto, sendo capacitada a viver de modo que agrade a Deus. Há um grande consolo nesse pensamento para todos que têm o desejo de servir a Cristo, mas que, no presente, têm receio de começar. Existem muitas pessoas que se acham presas a esse temor. Temem que, se vierem ousadamente e tomarem a cruz, acabarão sucumbindo em algum ponto do caminho. Receiam que não serão capazes de perseverar e que lançarão em descrédito sua própria profissão de fé. Não deveriam continuar sentindo este medo. Que saibamos que Jesus é um Salvador Todo-Poderoso, que jamais se esquece daqueles que se entregam a seus cuidados. Salmos 55:22 Confia os teus cuidados ao SENHOR, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado. Uma vez que fomos ressuscitados da morte do pecado pela sua todo-poderosa mão, e que fomos purificados em seu precioso sangue, continuaremos a servir ao Senhor até o final de nossas vidas na terra. Se crermos, já recebemos poder que nos capacita a vencer o mundo, já crucificamos a carne e temos força para resistir ao diabo. Basta que comecemos, para que prossigamos adiante. Jesus desconhece inteiramente casos de cura pela metade e de obras feitas pela metade. Portanto, que nós confiemos em Jesus e na sua provisão e vamos avançar. A alma perdoada será sempre capacitada a servir a Cristo. A nossa suficiência vem do Senhor e, Ele vai operar em nós e fazer através de nós. A nossa suficiência vem de Deus. Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade. 2 Coríntios 3:5b. e Filipenses 2:13. Nessa verdade há um grande consolo para todos aqueles que realmente estão servindo a Cristo. Nós não temos que temer absolutamente nada! As nossas forças irão aumentando, na medida de nossas necessidades. As nossas dificuldades que enfrentamos desaparecerão da nossa jornada conforme vamos prosseguindo. O leão no caminho, que agora muitos temem, mostrar-se-á uma fera acorrentada. A mesma mão graciosa que, no começo, nos tocou e sarou, haverá igualmente de nos sustentar, fortalecer-nos e guiar-nos até o fim. O senhor Jesus, sob hipótese alguma, perderá qualquer de suas ovelhas. Ele ama até o fim aqueles a quem Ele ama e perdoa. Embora, ocasionalmente, muitos de nós sentimos desencorajados, jamais seremos rejeitados pelo Senhor. A alma curada continuará, para sempre, a servir ao Senhor. A graça divina nos conduzirá continuamente até a glória. Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar. 1 Pedro 5:10. Amém.

QUE O NOSSO DEUS E PAI CONTINUE VOS ABENÇOANDO EM SEU FILHO JESUS CRISTO - GRAÇA E PAZ.

| Autor: Claudio Morandi | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |