Procure

Não Retire de Mim o Teu Espírito


Você pode ter ouvido falar de Davi muitas vezes, de quando Deus o escolheu e ungiu como rei de Israel, de quando ele matou o urso e leão que queriam roubar uma das ovelhinhas de seu pai, de quando matou Golias com 5 pedras e uma funda, de quando foi perseguido por Saul, traído por seu filho Absalão, de quando adulterou com Betseba do inicio ao fim sua história é mesmo fascinante.

Quando Davi escreveu o trecho do versículo que abre o poste, ele estava simplesmente apavorado, com medo de perder aquilo que o fazia ser o homem especial que era:

O Espírito Santo de Deus.

A Bíblia diz que a partir do momento em que Samuel ungiu sua cabeça, na casa de seu pai Jessé, diante de todos os seus irmãos, o Espírito Santo se apoderou de Davi.

Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá. (1 Sm 16.13).

Será que entendemos o que isto significa? Significa que Davi tinha discernimento para saber se algo era mentira ou verdade, tinha ousadia, que afastava os medos e a covardia comuns a qualquer homem, tinha visão, para prever coisas muito além do que outros homens tinham facilidade em governar, porque o Santo Espírito sussurrava em seu coração a fim de que tomasse as decisões mais sábias, tinha quebrantamento, porque o Espírito que nele estava era capaz de convencê-lo do pecado e fazê-lo humilhar perante Deus, tinha senso de justiça, amor, alegria, bondade era quem era, exaltado em Israel, amado pelo seu povo... PORQUE O ESPÍRITO SANTO SE APODEROU DELE!

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. ( Gl 5.22-23)

Estar sem o Espírito Santo, seria voltar a ser cego, voltar a ser fraco, voltar a natureza pecaminosa, voltar a estar suscetível a armadilhas demoníacas... Aos poucos, nada mais seria admirável em Davi, aos poucos seu governo iria regredindo se perdesse o bem maior que Deus lhe dera.

Como na vida de Davi, o maior bem que o homem pode ter, é a constante presença do Espírito Santo de Deus a governar sua vida, e o maior desastre que pode ocorrer a um cristão, é perder o Espírito Santo, é que este se afaste a Bíblia diz que alguns homens endureceram tanto amando o pecado, que Deus lhe entregou a seus próprios desejos e que por fim receberão o que merecem.

Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.

Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.

Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; (Rm 1:21-24)

Que tipo de mães e pais,esposa ou marido,servo ou patrão somos sem o Espírito Santo de Deus?Que tipo de caráter teremos sem Ele para nos convencer a cerca do pecado e injustiças que cometemos? Que tipo de liderança teria na Igreja ou na vida secular se Ele se retirasse?

Não quero nem pensar em tal coisa..sei que eu mesma definharia até a morte, minha vida seria totalmente destruída,minha família já não seria a mesma,meu ministério acabaria envergonhado.

Que o seu maior temor e o meu seja sempre, toda vida como o de Davi: ‘‘não Senhor, qualquer coisa, qualquer preço, qualquer castigo, mas nunca se afaste de mim, ou retire de mim o seu Espírito.

O Espírito Santo jamais se afasta do crente fiel (Rm 8.9; 1 Co 3.16; 6.19). Todavia, o Espírito se retira quando a fé é abandonada; quando a voz do Espírito não mais é ouvida; quando os corações ficam endurecidos a tal ponto que não há mais possibilidade de arrependimento (Rm 8.7-19).

O Espírito Santo não se retira por qualquer pecado. Ele está em nós justamente para nos convencer do pecado, da justiça e do juízo, e nos levar ao arrependimento. Mas se continuarmos na rebeldia, sem sincero propósito de deixarmos o pecado, já não seremos membros do Corpo de Cristo

“SE PECARMOS VOLUNTARIAMENTE, DEPOIS DE TERMOS RECEBIDO O CONHECIMENTO DA VERDADE, JÁ NÃO RESTA MAIS SACRIFÍCIOS PELOS PECADOS, MAS CERTA EXPECTAÇÃO HORRÍVEL DE JUÍZO E ARDOR DE FOGO, QUE HÁ DE DEVORAR OS ADVERSÁRIOS” (Hb 10.26-27; Jz 16.20)

O adorador sabe que ter o Espírito Santo é ter Deus dentro dele. É ser um adorador segundo o coração de Deus. Mas o que é ter um coração segundo o coração de Deus? Não é nunca errar e cair, mas sim, cair e reconhecer, é arrepender-se.
Davi disse:

- Meu pecado esta diante de Ti, contra Ti pequei somente.

Eu imagino o que deve ter passado na mente de Davi:

- Deus faça qualquer coisa comigo, tire a coroa, a fama, o trono, qualquer coisa, mas, não retire de mim o Teu Espírito.

Eu entendo que Davi entendeu a dependência dele do Espírito Santo. Entendeu que tudo: as vitórias, o gigante, tocar a harpa, foi pelo poder do Espírito Santo.

Se o Espírito Santo fosse retirado dele ficaria fadado ao fracasso eterno, seria apenas mais um que perdeu a essência. Exemplo: Sansão, Saul, ficou endemoniado.

Nesses dias Deus procura pessoas que valorizam o Espírito Santo. Deus pode fazer várias cirurgias. Ele vai tocar o seu coração sofrido, triste, cansado de tanta decepção e vai colocar um coração igual ao Dele- um novo coração. Um coração de adorador, coração quebrantado e que se arrepende.

Era isso que Davi tinha, era isso que o fez fazer a oração do Salmo 51.
“Não retires de mim o Teu Espírito Santo.”

Se temermos perdê-lo,buscaremos uma vida santa,pois ele não pode habitar num lugar imundo,buscaremos perdoar a quem nos tem ofendido,buscaremos guardar nossa boca das palavras ociosas(palavras de quem não tem o que fazer ou dizer,e então diz ‘‘abobrinhas‘‘)guardar nosso corpo da prostituição,guardar nossas mãos do ganho ilícito,guardar nossa alma da violência,da perversidade,da inveja,do amor a este mundo.

Que o Espírito Santo se apodere totalmente de mim, todos os dias, em todo tempo, eu quero e preciso andar com Ele.

Que o Espírito Santo te sele-te unjas te batize aí onde você esta..lidere sua mente,seu coração e cada um dos seus atos..não podemos perdê-lo,seria uma tragédia. Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito (Rm 8.1)

“Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.

Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão.” (Sl 51:10-13) Quem escreveu este salmo? Davi. Ele o escreveu após ter cometido dois pecados que muito entristeceram o coração de Deus: Adultério e assassinato.

Quem foi Davi? Davi foi e é pra nós um grande exemplo de servo de Deus, ele foi um homem segundo o coração de Deus, e através deste versículo podemos viajar na palavra de Deus para descobrir o segredo de Davi… Cria em mim, ó Deus, um coração puro – A começar por esta parte do versículo, pode-se compreender em primeiro lugar a humildade de Davi.

Davi sabia que, por si mesmo, jamais poderia se purificar ou se justificar perante Deus, por isso ele clama para que o próprio Senhor se compadeça dele ao pedir um coração puro e um espírito inabalável… Devemos ser como Davi, devemos ter consciência de que só Deus pode nos livrar da condenação do pecado, só Deus pode limpar o homem e o seu coração.

Se começarmos a mergulhar na palavra, entenderemos porque Davi queria tanto um coração puro. Ele sabia que sem um coração puro ele jamais poderia ver Deus. Assim como no livro de Mt 5:8.

Ainda no livro de Sl 24:3-4, a palavra nos diz: Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente. E renova dentro em mim um espírito reto – ou inabalável, como está em algumas traduções.

E Davi mais uma vez enfatiza a sua necessidade e dependência do Senhor. Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Espírito Santo – Davi tinha um grande temor de perder a presença de Deus, ele tinha visto um grande exemplo, que foi o exemplo de Saul.

Ele não queria ter o mesmo fim de Saul, por isso ele clama e pede ao Senhor pra que não se afastasse dele nem tampouco retirasse dele o Espírito Santo. Ele amava o Espírito, sabia que se ele tinha paz, era o Espírito de Deus que dava a ele. Onde o Espírito Santo está o mal não pode continuar.

Davi declarou o quanto ele precisava do Senhor, o quanto ele era pobre e necessitado de Deus e da sua graça e, por isso ele alcançou misericórdia, nós também podemos alcançá-la.

Para alcançar a benção do Senhor, a cura, o perdão, a misericórdia, é preciso de quatro coisas que a Palavra de Deus que é a verdade nos diz: HUMILDADE, ORAÇÃO, BUSCA, CONVERSÃO DOS PECADOS…

Isso nos lembra algo? Sim! No livro de 2 Cr 7:14, a palavra é clara quando o Senhor nos ensina o que devemos fazer para alcançar suas maravilhas. Precisamos ser sarados? Precisamos do perdão do Senhor? Precisamos da cura? Certamente.

Então porque não obedecermos a palavra santa do nosso Deus, que é a verdade absoluta. A palavra nos diz que nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. (I Co 13:8).

E antes no livro no livro de Jo 17:17, ela nos diz: Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. A Bíblia Sagrada é um livro completo pra mim e pra você, é preciso examiná-la.

Há uma expressão muito interessante: Devemos “ruminar” a palavra de Deus, refletir na palavra do Senhor. Não basta ler, é preciso pedir ao Espírito Santo para que nos revele a vontade do Senhor através da palavra…

Em nome de Jesus, cuide bem do Espírito Santo, vigie e zele para não entristecê-lo, ele é o seu presente mais preciso. Se você perdê-lo, vai ser um prejuízo muito grande na tua vida, eu diria o maior.

Nós não estamos órfãos porque o Senhor nos enviou esse consolador, muitas vezes temos negado esse presente, temos deixado o Espírito de lado pra fazer nossa vontade. Cuidado! Cuidado, porque a inclinação da carne, do pecado é a morte, mas, a inclinação do Espírito é vida e paz. E Davi sabia disso, por isso tão grande temor em perder o Espírito Santo de Deus

. Ele clamou: Deus! Ó Deus, eu preciso de Ti, do teu Espírito, da tua paz… Davi era tão pecador quanto nós, porem, nele havia os quatro ingredientes que foram citados anteriormente.

Sim, já dissemos que ele era humilde, que ele orou ao Senhor, buscou sua face e se arrependeu profundamente dos seus pecados. O Senhor fez de Davi um grande homem. Um simples pastorzinho de ovelhas se tornou o maior rei que Israel conheceu, seu reinado foi próspero, durou quarenta anos.

Tudo isso porque Davi soube renunciar todas as demais coisas. Se não renunciarmos nada por amor do Senhor, como poderemos desfrutar das suas bênçãos? Abra o seu coração e faça como Davi.

Davi era convertido, ele não tentou se justificar, mas reconheceu que era pecador e miserável da graça de Deus.

Conosco não deve ser diferente, pois foi feito um sacrifício muito grande pra que Deus, ao olhar pra nós, veja a marca do sangue de Jesus e se compadeça de nós pecadores.

Deus prova seu amor ( Rm 5.8). Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

E Ele supre todas as nossas necessidades, assim como em Fp 4:19 Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário – neste momento, gostaria que houvesse uma análise de sua vida, pergunte a você mesmo, você tem certeza da sua salvação? Seus atos comprovam isso? Isso não é uma pergunta pra se fazer ao seu irmão, mas sim, a você mesmo.

A salvação nos traz paz, quem tem certeza da salvação não teme, pois, sabe que seu futuro é certo ao lado de Cristo Jesus.

Como você se sente ao ouvir dizer que Jesus está voltando? Se você estiver preparado, pronto pra subir para a glória que está preparada pra aqueles que são a noiva atenta, limpa e purificada pra estar com o noivo Jesus Cristo, então você pode levar o evangelho àqueles que têm sede de uma água que o mundo não pode dar, pão que o mundo não pode oferecer, vida eterna, paz no Espírito…

Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão – por fim, o versículo que o Senhor vai falar muito conosco em nome de Jesus.

Davi mostra aqui o seu testemunho, a sua responsabilidade diante de tal obra. Davi fortaleceu-se no Senhor, adquiriu o perdão e agora vai trabalhar pra Deus. As oportunidades de Davi foram grandes, mas ele é diferente de nós? De maneira nenhuma. Deus tem nos dado ricas oportunidades.

Quando uma nação está em decadência, apresentam-se oportunidades, é na hora da crise que aparece alguém pra fazer a diferença. Em uma hora assim apareceu Davi. Hoje também nós estamos vivendo uma crise, numa época que é tão desafiadora quanto a de Davi; e hoje o Senhor levanta você pra fazer a diferença.

Os salmos de Davi expressam que ele não era capaz de encontrar escape, nem solução, nem forças, exceto no Senhor, portanto fortaleça-se no Senhor e na força do seu poder, como em Ef 6:10.

Faça a diferença andando retamente diante do Senhor, com um coração puro, um espírito reto, inabalável, e firme na rocha que é o Senhor Jesus, que é o nosso Amado Pai.“Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo.

Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário. Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão.” Sl 51:10-13 Quem escreveu este salmo? Davi.

Ele o escreveu após ter cometido dois pecados que muito entristeceram o coração de Deus: Adultério e assassinato. Quem foi Davi?

Davi foi e é pra nós um grande exemplo de servo de Deus, ele foi um homem segundo o coração de Deus, e através deste versículo podemos viajar na palavra de Deus para descobrir o segredo de Davi… Cria em mim, ó Deus, um coração puro – A começar por esta parte do versículo, pode-se compreender em primeiro lugar.

Davi sabia que, por si mesmo, jamais poderia se purificar ou se justificar perante Deus, por isso ele clama para que o próprio Senhor se compadeça dele ao pedir um coração puro e um espírito inabalável… Devemos ser como Davi, devemos ter consciência de que só Deus pode nos livrar da condenação do pecado, só Deus pode limpar o homem e o seu coração.

Se começarmos a mergulhar na Palavra, entenderemos porque Davi queria tanto um coração puro. Ele sabia que sem um coração puro ele jamais poderia ver Deus. Assim como no livro de Mt 5:8. Ainda no livro de Sl 24:3-4, a palavra nos diz: Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente.

E renova dentro em mim um espírito reto – ou inabalável, como está em algumas traduções. E Davi mais uma vez enfatiza a sua necessidade e dependência do Senhor. Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Espírito Santo – Davi tinha um grande temor de perder a presença de Deus, ele tinha visto um grande exemplo, que foi o exemplo de Saul.

Ele não queria ter o mesmo fim de Saul, por isso ele clama e pede ao Senhor pra que não se afastasse dele nem tampouco retirasse dele o Espírito Santo. Ele amava o Espírito, sabia que se ele tinha paz, era o Espírito de Deus que dava a ele. Onde o Espírito Santo está o mal não pode continuar.

Davi declarou o quanto ele precisava do Senhor, o quanto ele era pobre e necessitado de Deus e da sua graça e, por isso ele alcançou misericórdia, nós também podemos alcançá-la. Para alcançar a benção do Senhor, a cura, o perdão, a misericórdia, é preciso de quatro coisas que a Palavra de Deus que é a verdade nos diz: HUMILDADE, ORAÇÃO, BUSCA, CONVERSÃO DOS PECADOS…

Isso nos lembra algo? Sim! No livro de II Cr 7:14, a palavra é clara quando o Senhor nos ensina o que devemos fazer para alcançar suas maravilhas. Precisamos ser sarados? Precisamos do perdão do Senhor? Precisamos da cura? Certamente. Então porque não obedecermos a palavra santa do nosso Deus, que é a verdade absoluta. A palavra nos diz que nada podemos contra a verdade, senão pela verdade (I Co 13:8).

E antes no livro no livro de Jo 17:17, ela nos diz: Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. A Bíblia Sagrada é um livro completo pra mim e pra você, é preciso examiná-la. Há uma expressão muito interessante: Devemos “ruminar” a palavra de Deus, refletir na palavra do Senhor. Não basta ler, é preciso pedir ao Espírito Santo para que nos revele a vontade do Senhor através da palavra…

Em nome de Jesus, cuide bem do Espírito Santo, vigie e zele para não entristecê-lo, ele é o seu presente mais preciso. Se você perdê-lo, vai ser um prejuízo muito grande na tua vida, eu diria o maior.

Nós não estamos órfãos porque o Senhor nos enviou esse consolador, muitas vezes temos negado esse presente, temos deixado o Espírito de lado pra fazer nossa vontade. Cuidado! Cuidado, porque a inclinação da carne, do pecado é a morte, mas, a inclinação do Espírito é vida e paz. E Davi sabia disso, por isso tão grande temor em perder o Espírito Santo de Deus.

Ele clamou: Deus! Ó Deus, eu preciso de Ti, do teu Espírito, da tua paz… Davi era tão pecador quanto nós, porem, nele havia os quatro ingredientes que foram citados anteriormente.

Sim, já dissemos que ele era humilde, que ele orou ao Senhor, buscou sua face e se arrependeu profundamente dos seus pecados. O Senhor fez de Davi um grande homem.

Um simples pastorzinho de ovelhas se tornou o maior rei que Israel conheceu, seu reinado foi próspero, durou quarenta anos.

Tudo isso porque Davi soube renunciar todas as demais coisas. Se não renunciarmos nada por amor do Senhor, como poderemos desfrutar das suas bênçãos? Abra o seu coração e faça como Davi. Davi era convertido, ele não tentou se justificar, mas reconheceu que era pecador e miserável da graça de Deus.

Conosco não deve ser diferente, pois foi feito um sacrifício muito grande pra que Deus, ao olhar pra nós, veja a marca do sangue de Jesus e se compadeça de nós pecadores. Deus prova seu amor ( Rm 5:8).

Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

E Ele supre todas as nossas necessidades, assim como em Fp 4:19 Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário – neste momento, gostaria que houvesse uma análise de sua vida, pergunte a você mesmo, você tem certeza da sua salvação? Seus atos comprovam isso? Isso não é uma pergunta pra se fazer ao seu irmão, mas sim, a você mesmo.

A salvação nos traz paz, quem tem certeza da salvação não teme, pois, sabe que seu futuro é certo ao lado de Cristo Jesus. Como você se sente ao ouvir dizer que Jesus está voltando?

Se você estiver preparado, pronto pra subir para a glória que está preparada pra aqueles que são a noiva atenta, limpa e purificada pra estar com o noivo Jesus Cristo, então você pode levar o evangelho àqueles que têm sede de uma água que o mundo não pode dar, pão que o mundo não pode oferecer, vida eterna, paz no Espírito…

Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão – por fim, o versículo que o Senhor vai falar muito conosco em nome de Jesus. Davi mostra aqui o seu testemunho, a sua responsabilidade diante de tal obra.

Davi fortaleceu-se no Senhor, adquiriu o perdão e agora vai trabalhar pra Deus. As oportunidades de Davi foram grandes, mas ele é diferente de nós? De maneira nenhuma.

Deus tem nos dado ricas oportunidades. Quando uma nação está em decadência, apresentam-se oportunidades, é na hora da crise que aparece alguém pra fazer a diferença.

Em uma hora assim apareceu Davi. Hoje também nós estamos vivendo uma crise, numa época que é tão desafiadora quanto a de Davi; e hoje o Senhor levanta você pra fazer a diferença.

Os salmos de Davi expressam que ele não era capaz de encontrar escape, nem solução, nem forças, exceto no Senhor, portanto fortaleça-se no Senhor e na força do seu poder, como em Ef 6:10.

Faça a diferença andando retamente diante do Senhor, com um coração puro, um espírito reto, inabalável, e firme na rocha que é o Senhor Jesus, que é o nosso Amado Pai.

Que Deus nos abençoe e nos guarde em nome de Jesus

Autor: Jânio Santos de Oliveira