Procure

Jacó e as Varas Riscadas


TEXTO

Gênesis 30:27 a 43

27. Então lhe disse Labão: Se agora tenho achado graça em teus olhos, fica comigo. Tenho experimentado que o SENHOR me abençoou por amor de ti. 28. E disse mais: Determina-me o teu salário, que to darei. 29. Então lhe disse: Tu sabes como te tenho servido, e como passou o teu gado comigo. 30. Porque o pouco que tinhas antes de mim tem aumentado em grande número; e o SENHOR te tem abençoado por meu trabalho. Agora, pois, quando hei de trabalhar também por minha casa? 31. E disse ele: Que te darei? Então disse Jacó: Nada me darás. Se me fizeres isto, tornarei a apascentar e a guardar o teu rebanho; 32. Passarei hoje por todo o teu rebanho, separando dele todos os salpicados e malhados, e todos os morenos entre os cordeiros, e os malhados e salpicados entre as cabras; e isto será o meu salário. 33. Assim testificará por mim a minha justiça no dia de amanhã, quando vieres e o meu salário estiver diante de tua face; tudo o que não for salpicado e malhado entre as cabras e moreno entre os cordeiros, ser-me-á por furto. 34. Então disse Labão: Quem dera seja conforme a tua palavra. 35. E separou naquele mesmo dia os bodes listrados e malhados e todas as cabras salpicadas e malhadas, todos em que havia brancura, e todos os morenos entre os cordeiros; e deu-os nas mãos dos seus filhos. 36. E pôs três dias de caminho entre si e Jacó; e Jacó apascentava o restante dos rebanhos de Labão. 37. Então tomou Jacó varas verdes de álamo e de aveleira e de castanheiro, e descascou nelas riscas brancas, descobrindo a brancura que nas varas havia, 38. E pôs estas varas, que tinha descascado, em frente aos rebanhos, nos canos e nos bebedouros de água, aonde os rebanhos vinham beber, para que concebessem quando vinham beber. 39. E concebiam os rebanhos diante das varas, e as ovelhas davam crias listradas, salpicadas e malhadas. 40. Então separou Jacó os cordeiros, e pôs as faces do rebanho para os listrados, e todo o moreno entre o rebanho de Labão; e pôs o seu rebanho à parte, e não o pôs com o rebanho de Labão. 41. E sucedia que cada vez que concebiam as ovelhas fortes, punha Jacó as varas nos canos, diante dos olhos do rebanho, para que concebessem diante das varas. 42. Mas, quando era fraco o rebanho, não as punha. Assim as fracas eram de Labão, e as fortes de Jacó. 43. E cresceu o homem em grande maneira, e teve muitos rebanhos, e servas, e servos, e camelos e jumentos.

INTRODUÇÃO

Há fatos na bíblia que me intriga, e um deles em especial é a história do terceiro patriarca, Yaacov ou Jacó. Vou lendo as páginas do livro sagrado e vejo um homem diferente de seu pai Ytzak e seu avô Avraham. Ele era simplesmente um homem totalmente espiritual, e agora me deparo com alguém que simplesmente descasca umas varas e põe diante do rebanho e este concebe de acordo com a sugestão dos riscos nas varas! Alguém vai dizer que foi uma mensagem subliminar e que Jacó desta forma enviava a todo o rebanho, outros dirão que Jacó praticou outra técnica, que de acordo seria também uma sugestão enviada às ovelhas quando essas geravam suas crias, gerando de acordo com o que elas viam nas varas, ou na imagem refletida na água. Ainda tem aqueles que diriam que os antigos acreditavam que o que mãe enxergasse no momento da concepção apareceria refletido nas características dos recém-nascidos.

Eu perguntei ao meu Senhor e algo me veio ao coração e então preguei esta mensagem para um povo que decidiu tomara a atitude de ir à igreja ouvir a palavra de Deus, em uma segunda-feira.
   

QUEM FOI O PROFETA YAACOV OU JACÓ

Jacó foi o segundo filho de Isaac e Rebeca; foi gêmeo com Esaú e nasceu depois dele, agarrado ao seu calcanhar. Cresceu e tornou-se um homem tranqüilo morando sob tenda, o que agradava muito a sua mãe, também conseguiu adquirir o direito da benção da primogenitura que era de seu irmão Esaú, trocando-o por pão e um cosido de lentilhas. Assim interceptou a benção de Issac, fazendo-se passar por seu irmão Esaú, estimulado por Rebeca. Depois a pedido de sua mãe, Jacó partiu para a casa de seu tio Labão. No caminho em meio ao deserto deitou-se tendo uma pedra como travesseiro e sonhou com uma grande escada que ia do chão ao céu e Deus estava diante dele e diz: “A terra sobre a qual dormiste, eu a dou a ti e à tua descendência. Tua descendência se tornará numerosa como a poeira do solo; estender-te-ás para o ocidente e o oriente, para o norte e para o sul, e todos os clãs da terra serão abençoadas. Tu e a tua descendência. Eu estou contigo e te guardarei em todo lugar aonde fores, e te reconduzirei a esta terra, porque não te abandonarei enquanto não tiver realizado o que te prometi”.

Jacó acordou do seu sonho e disse: na verdade Yavé está neste lugar e eu não sabia!". Foi tomado por um temor e disse: "este lugar é terrível! Nada menos que a casa de Deus e a porta do céu!". Levantando-se de madrugada, tomou a pedra que usara por travesseiro, derramou óleo sobre ela e deu àquele lugar o nome de Betel. Então Jacó fez este voto: "se Deus estiver comigo e me guardar no caminho por onde eu for, se me der pão para comer e roupas para vestir, e se eu voltar são e salvo para a casa do meu pai, então Javé será o meu Deus e esta pedra que ergui como estela será uma casa de Deus e de tudo o que me deres eu pagarei fielmente o dizimo."

Já ouvi muitas vezes pregadores dizendo que o nome Jacó quer dizer enganador, mentiroso, trapaceiro. Fico sempre irritado porque isto é um grande erroheresia, levando pessoas ao engano, e a perder bençãos relacionadas a Yaacov.

Deus de Abraão, de Isaac, e Jacó. Porque tantas vezes o próprio Deus e seus profetas continuavam chamando Jacó de Jacó e não de Israel? Que foi o nome dado por ter lutado com Deus? Porque Yaakov é um nome tão honrado. E comoSe Jacó fosse mesmo trapasseiro, enganador, então seria rasoável dizer que a pronúnicia seria - "Deus e Abraão, Isaque e de mentiroso e trapaceiro? "Deus é Deus de mentirosos, engaqnadores e trapaceiros? Com certeza não!.

Na lingua Hebraica não existe o som de J. O nome real de Jacó é Yaakov, que em hebraico significa “aquele que agarra”. O Nome Yaakov, deriva ,em hebraico da palavra “calcanhar”. Sabemos que antes de nascer, já lutava com seu irmão, que representava uma nação que não serviria a Deus, pois Esaú deu origem aos Edomitas. O plano de Deus para ele, envolvia um nascimento assim, para que seu caráter refletisse a Deus, e para que seu povo refletisse o seu caráter. Podemos entender que o nome Yaakov (Jacó) significa: AQUELE QUE LUTA E VENCE.

POR QUE VARAS RISCADAS

Jacó era o portador da benção de Deus, ele era alvo de uma poderosa promessa que Deus fizera a seu pai e seu avô. Outro motivo especial para Jacó ter colocado as três varas é o fato de que Jacó teve uma revelação de Deus, acerca de como Deus o abençoaria neste negocio: veja o descrito em Genesis-31.9-13

“Mas vosso pai me enganou e mudou o salário dez vezes; porém Deus não lhe permitiu que me fizesse mal. Quando ele dizia assim: Os salpicados serão o teu salário; então todos os rebanhos davam salpicados. E quando ele dizia assim: Os listrados serão o teu salário, então todos os rebanhos davam listrados.Assim Deus tirou o gado de vosso pai, e deu-o a mim.E sucedeu que, ao tempo em que o rebanho concebia, eu levantei os meus olhos e vi em sonhos, e eis que os bodes, que cobriam as ovelhas, eram listrados, salpicados e malhados.E disse-me o anjo de Deus em sonhos: Jacó! E eu disse: Eis-me aqui.E disse ele: Levanta agora os teus olhos e vê todos os bodes que cobrem o rebanho, que são listrados, salpicados e malhados; porque tenho visto tudo o que Labão te fez.Eu sou o Deus de Betel, onde tens ungido uma coluna, onde me fizeste um voto; levanta-te agora, sai-te desta terra e torna-te à terra da tua parentela”.

Jacó teve um sonho que na verdade foi uma revelação e ele viu nesse sonho como seria o seu grande rebanho!

Enquanto alguns vêm Jacó como um sonhador quando separa as varas, eu o vejo acreditando no que lhe foi revelado e expressando isso com atitude, creio que ele fez aquilo não para as ovelhas, mas para si mesmo, ele fala em seu coração: “É desta forma que Deus me revelou, e será desta forma que acontecerá”.

A estratégia poderia ser usado por Labão ou por qualquer outra pessoa, mas não daria certo! Todas as coisas só concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito (Rm 8.28). Por isso vamos aprender com a estratégia que Deus deu a Yaacov.

AS TRÊS VARAS QUE JACÓ PROVIDENCIOU


A VARA DE ÁLAMO

Uma planta originária da Europa, Ásia e África. O álamo é uma árvore de porte médio a grande, que chega a alcançar 30mt de altura. É uma espécie de talhe elegante, com tronco ereto e copa mais ou menos densa, de forma oval, colunar ou piramidal, de acordo com a variedade. As folhas são rombóides, simples, alternas, com margens serrilhadas. Sendo uma espécie dióica, apresenta indivíduos machos e fêmeas. As inflorescências são axilares, do tipo espiga, com flores de cor creme-esverdeadas, pequenas, sem importância ornamental, polinizadas através do vento. Os frutos são do tipo cápsula e se abrem revelando as sementes entremeadas em fibras algodonosas.

O álamo é uma árvore muito popular na Europa. Com qualidades ornamentais e crescimento rápido, ele é uma boa opção para o paisagismo em grandes áreas, principalmente quando arranjado em renques ao longo de passeios, criando um belo efeito visual. Suas raízes são bastante agressivas, sendo preconizado que o plantio seja realizado a pelo menos 15 metros de distância de construções ou tubulações subterrâneas.

Rústico, o álamo se adapta bem a solos úmidos e resiste a curtos períodos de estiagem, suporta geada e frio intenso (até -24ºC).

A VARA DE AVELEIRA

A aveleira é uma pequena árvore, até 12 metros, de folhagem caduca. Originária da América do Norte e da Ásia menor, aparece de forma espontânea, sem ser cultivada, no Norte do nosso país, em conjunto com outras árvores, como o carvalho e o padreiro. O seu fruto é uma glande e a sua semente a avelã, muito saborosa e rica em gorduras e apreciada por pequenos mamíferos como o esquilo. Para se desenvolver precisa de um clima suave, sem períodos de seca. Por este fato a aveleira é cultivada em regiões mais frescas e úmidas. A avelã é um fruto seco, popularmente conhecido e apreciado em todos os países e muito consumido, dadas as suas múltiplas aplicações

A VARA DE CASTANHEIRA

As castanheiras normalmente atengem entre 30m e 50m de altura e de 1m a 2m de diâmetro. É originária da península Ibérica, no hemisfério Norte, também é uma das espécies mais altas da Amazônia. Há registros de castanheiras que alcançaram 50m de altura e mais de 5m de diâmetro. Seu tronco é reto e os galhos se concentram na parte mais alta da árvore. A casca é acinzentada e as folhas que ficam acima da copatêm de 20cm a 53cm de comprimento. As castanheiras dependem de um ambiente intocado para sua reprodução. Seuas flores só são polinizadas por alguns tipos de insetos, que são atraídos por orquídeas que vivem perto das árvores de castranha. Se as orquídeas ou os insetos são mortos, as castanheiras não dão frutos. O fruto de castanha leva mais de um ano paa amadurecer e é mais ou menos do tamanho de um côco e pode pesar 2kg. A casca é muito dura e abriga entre 8 a 24 sementes, que são as apreciadas castanhas. Caso não sejam devoradas por roedores as sementes demoram de 12 a 18 meses para germinar. Uma castanheira pode viver cerca de 500 anos.

POR QUE SERÁ QUE JACÓ ESCOLHE O ÁLAMO, A AVELEIRA E A CASTANHEIRA

Agora que você conhece a origem das varas as quais Jacó colocou diante do rebanho de Labão, vejamos o porque dessa estratégia, que eu chamo de ato profético realizado por um homem que tem visões. Agora que você já sabe que tudo isso não foi invenção da cabea de Jacó, vamos entender os segredos da bíblia.

• O ÁLAMO

Ao escolher uma vara de Álamo, Jacó estava profetizando que seu rebanho seria um rebanho de grande porte assim como a árvore de álamo, e seri também um rebanho belo e vistoso, tantos machos como fêmeas, um rebanho que cresceria como o vento, a lã seria como um algodão, macias e brancas. Seu rebanho teria um crescimento rápido e seria conhecido por todos. As raízes de seu rebanho seria robusta e fortes. Ainda estava profetizando que seu rebanho resistiria a períodos de estiagem, suportando geadas e frio intenso. Pois se você não sabe nos desertos de Israel a temperatura durante o dia pode chegar a mais de 40° graus e durante a noite a temperatura cai a até 3° graus, já imaginou!!

• A AVELEIRA

Ao escolher uma vara de aveleira Jacó dá prosseguimento ao ato profético que lhe fora revelado por Deus, pois veja bem. A aveleira é uma pequena árvore porém aparece de forma espontânea, isso me mostra que Jacó estava profetizando que suas fêmeas gerariam espontâneamente, e a carne de seu rebanho seria como o fruto da avelã totalmente saboroso rico em proteínas. Sabemos que tudo na ovelha é aproveitado, sua lã, sua carne, seu couro, seus chifres, seu leite, por isso Jacó sem dúvida era um grande profeta que ao receber de Deus uma revelação sou muito bem realiza-la.

• A CASTANHEIRA

Para finalizar ao escolher uma vara de castanheira o sábio Jacó estava profetizando que seu rebanho seria alto e forte, seus reprodutores seriam os melhores da região como o tronco da castanheira, pois outros criadores pagariam muito para que suas fêmeas fossem cobertas pelos machos do rebanho de Jacó, pois como a castanheira outras plantas vivem em função dela. As crias de seu rebanho seriam fortes como a casca do fruto da castanheira, e estes gerariam outras tantas crias. O rebanho de Jacó viveriam muitos e muitos anos.
       

CONCLUSÃO

Agora eu gostaria de que cada um de vocês percebessem que o Álamo é originário da Ásia, Europa e África, já a Aveleira é originária da Ásia Menor e América do Norte, mas também a Castanheira é originária da Península Ibérica. Agora veja bem, acha que foi fácil para Jacó encontrar as árvores e retirar delas as varas? Realmente você acredita que Jacó tinha no fundo do quintal de Labão justamente as três árvores plantadas? Não! Foi muito difícil para Jacó colocar a riqueza a seu lado, realmente ele teve que tomar não uma, nem duas, mas muitas atitudes para chegar a plenitude do que desejava.

Tome atitudes em sua vida. Levante-se agora e ouça o que Deus tem falado para você, e se não tem ouvido nada, então eu lhe convido a procurar uma igreja mais perto de você.

Autor: Pr. Alexandre Augusto