Procure

Desentulhando Poços


Texto base:

"12. E semeou Isaque naquela mesma terra, e colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o SENHOR o abençoava. 13. E engrandeceu-se o homem, e ia enriquecendo-se, até que se tornou mui poderoso. 14. E tinha possessão de ovelhas, e possessão de vacas, e muita gente de serviço, de maneira que os filisteus o invejavam. 15. E todos os poços, que os servos de seu pai tinham cavado nos dias de seu pai Abraão, os filisteus entulharam e encheram de terra. 16. Disse também Abimeleque a Isaque: Aparta-te de nós; porque muito mais poderoso te tens feito do que nós. 17. Então Isaque partiu dali e fez o seu acampamento no vale de Gerar, e habitou lá. 18. E tornou Isaque e cavou os poços de água que cavaram nos dias de Abraão seu pai, e que os filisteus entulharam depois da morte de Abraão, e chamou-os pelos nomes que os chamara seu pai. 19. Cavaram, pois, os servos de Isaque naquele vale, e acharam ali um poço de águas vivas. 20. E os pastores de Gerar porfiaram com os pastores de Isaque, dizendo: Esta água é nossa. Por isso chamou aquele poço Eseque, porque contenderam com ele. 21. Então cavaram outro poço, e também porfiaram sobre ele; por isso chamou-o Sitna. 22. E partiu dali, e cavou outro poço, e não porfiaram sobre ele; por isso chamou-o Reobote, e disse: Porque agora nos alargou o SENHOR, e crescemos nesta terra."  Genesis 26:12-22

INTRODUÇÃO

Mais uma vez venho em nome do Senhor dos exércitos trazer-lhes uma palavra abençoadora para todos aqueles que têm se alimentado dos estudos em meu blog. E gostaria de agradecer a todos que tem me ligado para engrandecer o nome de Deus dizendo que estas mensagens têm sido ministradas por todo o Brasil. Digo isso com alegria para honra e glória do nome de Jeová, pois muitos irmãos têm utilizados desses estudos para ministrarem em suas igrejas e é isso mesmo que eu quero.

Assim mais uma vez quero compartilhar de algo que Deus colocou em meu coração, pois o que tenho recebido de graça também de graça compartilharei.

Esta mensagem com certeza tem a ver com todos nós, e por isso eu creio em Cristo Jesus que esta palavra vai mudar sua vida e você nunca mais será a mesma pessoa. Ministrarei esta mensagem no dias 31/12, no culto de final de ano, um culto que chamo de “O culto da Virada”, pois ao faltar cinco minutos para a meia noite toda a igreja dobra os joelhos e entramos o ano na presença de Deus louvando e glorificando a Ele por tudo que fez e fará.
   

ISAQUE – O HERDEIRO DA PROMESSA

Isaac, Isaque ou Yitzhak (do hebraico significa "ele vai rir") é um personagem muito importante nas Escrituras, pois nasceu de Abraão e Sara quando Abraão tinha aproximadamente 100 anos e Sara 90 anos de idade. Isaque era o servo escolhido de Deus através de quem Deus abençoaria toda a descendência espiritual de Abraão. Seu próprio nascimento foi um milagre, pois sua mãe era estéril, mas Deus efetuou um milagre e ela deu a luz a Isaque.

Quando Isaque tinha aproximadamente 33 anos, Abraão recebe uma ordem de Deus, de oferecê-lo como sacrifício ao Senhor sobre o monte Moriá. Mas Deus interrompeu o sacrifício quando Abraão provou que realmente iria em frente e obedeceria a ordem, realizando o sacrifício. Deus então provê a Abraão um cordeiro em lugar de Isaque, se mostrando ser Jeová Jiré.

Isaque, um jovem forte e belo, foi obediente à seu pai idoso, Abraão. Quando Isaque tinha 40 anos, Deus deu-lhe Rebeca como esposa e aproximadamente 20 anos mais tarde ela deu a luz a dois filhos, sendo eles, Esaú e Jacó. Esaú era o favorito de Isaque, mas Deus havia escolhido seu irmão Jacó para continuar a promessa.

Isaque chegou a viver 180 anos. Era muito rico porque herdara de sue pai Abraão muita riqueza e acrescentado ainda mais no decorre de sua vida. Em Isaque se cumpriu o propósito de Deus, e Paulo diz, em Gl 4:28, que nós, assim como Isaque, somos filhos da promessa. Você é como Isaque?
            

DESENTULHANDO POÇOS D’AGUA

No capítulo anterior (Cap 25) Abraão morre dando a Isaque a benção patriarcal para que ele fosse seu sucessor na presença de Deus e que nele se cumprisse a promessa de que Abraão fosse pai de inúmeros povos.

Isaque, agora casado e herdeiro de toda a riqueza de seu pai enfrenta uma grande fome onde vivia, tendo que partir dali para um lugar que a bíblia diz ser as terras dos Filisteus, um lugar chamado Gerar. Ali Isaque ficou e enriqueceu-se ainda mais mesmo em tempo de seca ele semeou e colheu cem por um, ou seja, sua colheita lhe deu um lucro de 100%, o que em tempo de seca era quase impossível, sem a presença de Deus, é claro, pois é notório que existe uma ênfase na palavra em dizer que “O Senhor estava com ele”. Assim Isaque se tornou o bilionário de sua época.

A prosperidade de Isaque causou inveja no povo que estava em seu redor. As pessoas olhavam para ele e sentiam o pior dos sentimentos, chamado INVEJA, “que em resumo é um sentimento de aversão ao que o outro tem e o invejoso não tem, e esse sentimento gera o desejo de ter exatamente o que o outro não tem, podendo ser tanto coisas materiais como qualidades inerentes ao ser. Esse desejo também gera na pessoa a vontade de tirar o aquilo que o outro tem para que fique sem. A inveja é um sentimento gerado pelo egocentrismo e soberba, o invejoso não suporta ver ou saber que, o que o outro tem seja melhor do que o seu.”

Então essa laia de invejosos tramou e em comum acordo entulharam os poços que Isaque tinha recebido de herança de seu pai, os encheram de terra. Ter um poço de água nos dias de Isque era um sinônimo de poder e de prosperidade, pois a água era algo muito precioso naqueles dias e entulhar poços era o mesmo que arruinar a pessoa, constituindo assim séria agressão sendo até motivo para guerra.

Isaque poderia até ter revidado, ou reagido a esta tão grave agressão, mas ele preferiu mudar-se dali para um vale.

CONCLUSÃO

Muitas vezes recebemos de nossos pais algo bom ou herdamos sonhos de conquistas, como por exemplo, um filho que tem o desejo de ser médico como foi seu pai, ou uma filha que aprendeu muito com sua mãe e tem o desejo de ser uma advogada, coisa que sua mãe não teve condições, mas no decorrer dos dias aparecem os invejosos e entulham nossos poços, e isso nos causa grande ira e raiva.

Vamos agir como Isaque, vamos nos afastar dos invejosos, ficar longe de pessoas que querem ver nosso fracasso. Nunca se aproxime de alguém que tenha sonhos nos olhos, pois estes desejam o fracasso alheio. Saiba que sempre haverá um vale para poder descansar e se afastar dos invejosos. Se agirmos como eles, então seremos como eles, nunca devemos descer no mesmo nível de nossos inimigos, para que não sejamos como eles.

DESENTULHANDO POÇOS D’AGUA NOVAMENTE

Então agora Isaque levanta acampamento e vai para um vale que havia naquela região, na região de Gerar, ali Isaque havia passado nos dias de sua infância e viu quando seu falecido pai cavara poços, e ao rever estes poços percebeu que estavam todos entulhados, com certeza pelos inimigos Filisteus.

Isaque busca desentulhar os poços que seu pai havia aberto em seus dias e após muito trabalho encontra água fresca, assim e com certeza todos ficaram muito felizes. Mas a felicidade durou pouco, pois novamente os homens daquele lugar, que a bíblia chama de “os pastores de Gerar”, ficaram incomodados, perturbados, invejados, pelos os poços de Isaque e dizendo que aqueles poços eram deles tomaram os poços que Isaque havia desentulhado.

Isaque então chamou aquele poço de Eseque, que significa “contenda”. Uma coisa é verídica! Isaque não gostava de contenda, pois ele havia aprendido com seu pai que é melhor ignorar o medíocre do que se igualar a ele.

CONCLUSÃO

Eu fico furioso quando leio esta passagem, e sinto repudio por esse tipo de gente, que não tem coragem de trabalhar e fica desejando o que é alheio. Chego a perguntar o porquê estes pastores não vieram e ajudaram a Isaque cavar os poços, mas apareceram somente depois de tudo pronto?

E vejo que ainda hoje existe essa laia de pastores que ficam esperando o ministério crescer para dividir e roubar ovelhas. Pastores que pescam em aquário, que ao invés de salvar almas no mundo ficam desejando as que já foram salvas por quem realmente trabalhou por isso.

Saiba que isso é uma verdade, sempre haverá pessoas que desejam roubar nossas conquistas, fiquemos atentos em nossos dias. Pastores que não conseguem ver uma ovelha crescer que já começa a podar a ovelha com medo de perder algo. Não se iguale a estes, Deus tem coisa melhor para sua vida.   
   

DESENTULHANDO POÇOS D’AGUA DE NOVO

Mas como todo bom servo fiel e cheio de fé, Isaque se levanta e cava outros poços d’gua e penso que em meio a tanta gente alguém sempre dissesse a Isaque que ele deveria brigar pelos poços, e talvez até mesmo você pense isso, mas Isaque estava era tendo uma aula e ele precisava aprender algo ou então não estaria a altura de ser o herdeiro das bênçãos prometidas por Deus.

Isaque pela terceira vez se vira e cava outros poços e quando ele pensa que estava tudo bem, novamente a decepção, outros que a bíblia não cita também contendem com ele, talvez os mesmos ou não, mas é certo que contenderam e tomaram seus poços. Ele chamou aqueles poços de Stina, que significa “inimizade”.

Parece que Isaque é um bobão, mas não, ele sabia o que estava acontecendo, pois em nenhum momento ele murmura, mas fato é que pela terceira vez tomaram os poços de água que Isaque havia cavado, e agora não eram poços desentulhados, mas cavados e mesmo assim tomaram dele o deixando sem provisão daquilo que era mais precioso, a água fresca, pois sem água ele, o povo e todo o rebanho estariam fadados ao falecimento.

CONCLUSÃO

Que interessante essa atitude de Isaque, tendo que segurar alguns de seus servos que desejavam partir para a briga, creio eu, mas ao receber a benção de Abraão, ele também recebe algo maravilhoso que eu chamo de “Discernimento”, que para mim é uma raiz da sabedoria.

Em nossas vidas as lutas, as tempestades, as frustrações e as decepções são muitas, isso para que possamos chegar ao fim da vida mais maduros e sábios e assim passemos aos nossos filhos algo de valor inestimável, a experiência verdadeira.

Levante a cabeça e reaja com Isaque reagiu, com indiferença aos diferentes. Levante e busque a força do alto para cavar seus poços, pois só assim chegará o momento em que os fracos, invejosos, mesquinhos, medíocres, irão desistir, pois esta é a sua qualidade, desistir.    

CAVANDO NOVOS POÇOS

Agora depois de muito trabalhar, perseverar, insistir, crer e esperar, chegou o momento que os fracos moradores do lugar desistiram e a bíblia diz que Isaque novamente ser virou para outro lugar e cavou novos poços e por estes não houve que contendesse, o que me leva a crer que Isaque sabia que essa hora chegaria.

E agora Isaque feliz da vida, vendo seu povo abastecido, dá um nome àquele lugar, ele chamou de Reobote, que significa “Espaço suficiente”.
 
Isaque mostrou para seu povo que realmente vale a pena confiar nas promessas de Deus, e crer no que diz nossos pais. É por isso que a bíblia diz eu se honrarmos nossos pais, nossos dias se prolongarão na face da terra. Agora a água era de Isaque, ninguém tinha mais forças ou coragem de encarar um home como ele. Quando olhavam para Isaque viam a perseverança e determinação.   
   

CONCLUSÃO

Realmente o nome tem poder, e dar um nome a alguém ou a algum lugar é ser portador de uma honra, por isso saiba bem qual o nome você vai dar. Eu me chamo Alexandre Augusto, Alexandre significa “Aquele que ajuda os homens”, e Augusto significa “majestoso”, e por isso louvo a Deus por meus pais.

Reobote foi o lugar de alargamento e amplitude na vida de Isaque e isso tem tudo a ver com a fase de prosperidade que Deus reserva para aqueles que são fieis e perseverantes e que não se entregam diante de perseguições e adversidades que querem nos desanimar ou acovardar.

Reobote é o lugar onde Deus reafirma sua aliança para conosco. É ali que nós edificamos um altar e invocamos o nome do Senhor, e assim nossos inimigos são envergonhados diante de todas as gerações vindouras. Realmente Isaque vai rir assim como você meu amado irmão.

Depois de tudo, não antes, mais depois, Deus aparece para Isaque e lhe diz:

“Eu sou o Deus de teu pai Abraão. Não temas porque Eu sou contigo: abençoar-te-ei e e multiplicarei a tua descendência por amor de Abraão, meu servo.”

Você já se perguntou o por que de Deus somente aparecer depois e não antes ou durante os momentos de afronta que Isaque estava passando? Por que o Senhor só veio quando tudo parecia tranqüilo? Então eu te digo meu amado irmão!

Deus nunca aparece nos momentos em que atravessamos tempestades ou adversidades, pois se Ele aparecer perderemos a benção, mas Ele fica na espera confiando que nossa coragem e perseverança nos levará a um lugar de destaque, e isso se chama fé. A fé de que mesmo em momentos de dificuldades nos faz crer que Ele está conosco. Se observarmos veremos que o que Deus disse a Isaque quando ele deu o nome de Reobote aos poços daquele lugar, já havia sido dito antes, então Isaque sabia que realmente Deus estava com ele.

Deus está contigo nesse momento meu amado amigo e irmão, creia.

|  Autor: Pr. Alexandre Augusto  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |