Procure

As Sete Coisas Que Aborrece ao Senhor,

e a Sétima a Sua Alma Abomina

 
“Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos”. PV 6:16:19.

Aborrecer, segundo o dicionário Aurélio significa: Sentir horror, detestar, causar aborrecimento, desgostar.

Abominação significa: Imundo, repugnante. [Do lat. Abominatione] Ato de abominar, repulsão.

1. Olhos altivos.

Soberbo no grego é huperephanos, significa “monstrar-se a si mesmo acima dos outros”. A soberba sem duvida é um grande mal, por isso o salmista orava dizendo: “Também da soberba guarda o teu servo, que ela não me domine; então, serei irrepreensível e ficarei livre de grande transgressão”. Sl 19:13. “A soberba procede a ruína, e a altivez do espírito, a queda”. PV 16:18. Por causa do seu orgulho, Satanás foi precipitado do monte de Deus (Ez 28:16, 17). Quando somos dominados pela soberba, ficamos semelhantes a Satanás (Is 14: 13-15). “Antes dá maior graça. Portanto, diz: Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes”. Tg 4:6. Precisamos reconhecer o quanto dependemos de Deus, de sua misericórdia em todos os momentos da nossa vida.

2. Língua mentirosa.

Uma língua mentirosa aborrece a Deus. Por isso a nossa língua deve estar sempre debaixo do controle do Espírito Santo. Não podemos entregar a língua, que é um membro do nosso corpo tão importante na comunicação, ao pecado, como instrumento de injustiça. “Não reine, portanto o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências; nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumento de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça”. Rm 6:12, 13. A única coisa na bíblia que o diabo é pai é a mentira. “Vós tendes por pai o diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o principio e não se firmou na verdade. Porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira”. Jo 8:44. A verdade liberta a alma, enquanto a mentira escraviza (PV 14:25). O inferno é o lugar de quem ama e pratica a mentira (AP 22:15).

3. Mãos que derramam sangue inocente.

Qualquer pessoa que derramar sangue inocente na ficará impune diante da justiça de Deus. “Os seus pés são ligeiros para derramar sangue, nos seus caminhos, há destruição e miséria; desconheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos. Rm 3:15-18; Is 59:7. “Todo homem desprovido do Espírito de Cristo corre velozmente ao encontro de algum mal porque são estranhos a paz”. Matthew Henry.

4. Coração que maquina pensamentos viciosos.

O mal se instala inicialmente na mente e no coração da pessoa. Por isso devemos protegê-los. Tenha cuidado com os seus pensamentos, pois eles dirigem a sua vida. “Sobre tudo o que se deve guardar; guarda o coração, porque dele procedem às saídas da vida”. Pv 4:23. Como devemos proteger o nosso coração do mal? Através da palavra de Deus. Guardar a palavra significa obedecer e seguir seus mandamentos (Sl 119:11). A nossa mente deve ser ocupado com pensamentos que sejam verdadeiros, honestos, justos, puros, amáveis, de boa fama, virtuosos e louváveis (Fl 4:8).

5. Pés que se apressam a correr para mal.

Infelizmente a maldade esta presente na mente e no coração de muitas pessoas. A bíblia mostra que quem faz o mal ao próximo receberá o mal como recompensa. “O que busca cedo o bem busca favor, mas ao que procura o mal, este lhe sobrevirá”. Pv 11:27. Quem procura o mal será destruído. “Como a justiça encaminha para a vida, assim o que segue o mal faz isso para sua morte”. Pv 11:19; Pv 6:15. O mal é sem duvida o resultado da falta de Deus no coração do homem. Para que o mal seja controlado, depende de nos mesmos. O mundo jamais mudará para melhor se não agirmos com responsabilidade e temor de Deus e nos desviarmos do mal, contribuindo, assim para amenizar o avanço deste na sociedade (Pv 14:16). Devemos vencer o mal e jamais correr em direção a ele.

6. Testemunha falsa que profere mentiras.

Você não pode testemunhar o que não ouviu. Você não pode testemunhar aquilo que não presenciou. Ninguém tem o direito de fazer declarações falsas dos atos ou caráter de outras pessoas. Devemos falar de modo justo, honesto, sempre verdadeiro a respeito de qualquer pessoa. Muitos se corromperam se tornaram instrumentos de Satanás, ao ponto de aceitar suborno para denegrir pessoas que sofreram para construir uma história de vida (Dt 27:25). Estevão, o primeiro mártir da igreja, não escapou de homens corruptos, que subornaram outros homens para falarem falsamente contra ele, com a finalidade de prendê-lo e levá-lo ao sinédrio. “E não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito, pelo qual ele falava. Então subornaram homens que dissessem: Temos ouvido este homem proferir blasfêmias contra Moisés e contra Deus”. Atos 6:10, 11. Mas os que tais coisas praticam não ficarão sem punição. “A falsa testemunha não fica impune, e o que profere mentiras não escapa”. Pv 19:5. Temos que trabalhar com a verdade. Ex 20:16; Sl 101:7; Ef 4:25; Tg 3:14.

7. O que semeia contendo entre irmãos.

Das sete coisas listadas aqui, esta não só aborrece ao senhor, como também é abominável aos seus olhos. Quando Deus abomina algo, é porque sente aversão a isso. Não é bom ser visto por Deus, como alguém que pratica o que é abominável. A língua foi criada para ser uma fonte de bênçãos, mas tem se tornado um instrumento de guerra. Das sete coisas que estão nesta lista, três estão relacionadas a língua. Língua mentirosa, testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos. Hoje existem dentro das nossas igrejas casamentos destruídos, ministérios, pessoas esgotadas fisicamente, emocionalmente, e espiritualmente por causa de pessoas que emprestaram a língua Satanás para semear contendas entre irmão (Sl 133). “O homem perverso espalha contendas, e o difamador separa os maiores amigos. Pv 16:28. Os verdadeiros filhos de Deus, foram chamados para promover a comunhão e não divisão. Aqueles que causam divisão não tem o Espírito de Deus (Jd 19).

Conclusão.

Se estas coisas aborrecem ao senhor, não podem ser praticadas por mim e você, pois sofreremos as conseqüências se desobedecermos a Deus e a sua palavra. Mas seremos grandemente recompensados se nos desviarmos destas coisas que são abomináveis a Deus.
 
Autor: Pr. Marcos Martins