Procure

Andando Nos Vales


"E chegou o homem de Deus, e falou ao rei de Israel, e disse: Assim diz o SENHOR: Porquanto os sírios disseram: O SENHOR é Deus dos montes, e não Deus dos vales; toda esta grande multidão entregarei nas tuas mãos; para que saibas que eu sou o SENHOR." I Reis 20.28

INTRODUÇÃO

Paz seja convosco meus amados irmãos. Meu desejo é que mais uma vez cada um de nós possamos ter nossas vidas edificada pela palavra do Senhor. Eu sempre digo que é a palavra de Deus que edifica, da fé, salva, cura, batiza, vivifica, fortalece, e muito mais do que possamos pensar ou precisar, vem sempre da palavra de Deus.

Mais uma vez venho em nome do Senhor dos exércitos quero trazer-lhes uma mensagem abençoadora que irá lhes fortalecer os músculos espirituais, para estar forte na hora da batalha e na hora de tomar posse da sua benção.

Assim mais uma vez quero lhes dizer que esta mensagem é benção para mim e para a igreja e sei que será benção para sua vida. Peço que abra seu coração e deixe a palavra de Deus fazer morada em você, Ele é poderoso guerreiro, forte na batalha. Nunca perdeu uma luta sequer, e com certeza. Então viva o sobrenatural do Senhor em sua vida. Creia!

NOTA IMPORTANTE:

A palavra VALE é encontrada na Bíblia cerca de 188 vezes no Velho Testamento e 1 vez no Novo Testamento. Vale é um lugar plano, uma depressão alongada, planície entre montes ou no sopé deles e quase sempre banhada por um rio. 

ISRAEL E SÍRIA

Resumidamente quero junto com você amado leitor, recordar sobre o contexto inserido no capítulo 20 de I Reis, pois bem verdade é que texto sem contexto é pretexto para heresias (hermenêutica). Tenho muito receio em pessoas que pegam versículos isolados para levar uma mensagem.

No capítulo 20 de I Reis vemos que ainda estava no trono de Israel o maléfico rei chamado Acabe, e certo dia veio o rei da Síria, terra conhecida no Velho Testamento com Arã, este rei chamado Ben-Hadade. Ben-Hadade era um título religioso dado aos reis da Síria, visto que Ben, é filho e Adade siginifica “deus da tempestade”. É provável que este homem fosse Ben-Hadade II, que de acordo com alguns estudiosos seria filho de Ben-Hadade I que se chamava Rezom, aquele que depois de Davi ter conquistado Zobar (II Sm 8:3-8) juntamente com seus homens tomaram Damasco e estabeleceram uma forte dinastia dos reis Sírios que tanto prejudicaram Israel no século 9 a.C. Este Ben-Hadade teria governado a Síria de 861-841 a.C. Com certeza pelos relatos bíblicos foi um homem mau, e em uma de suas peripécias ele ajuntou todo seu exercito, tendo sob  suas ordens 32 reis, que provavelmente fosse reis de cidades-estados dependentes da terra da Síria. Com ele veio ainda muitos cavalos e carros de guerras.
 
Ben-Hadade cercou Samaria e mandou mensageiros ao rei Acabe dizendo que iria cobrar impostos e Acabe vendo a superioridade de seu adversário mostrou-se disposto a atender, mas não contente Ben-Hadade mostrando sua maldade enviou novos mensageiros a dizer que iria saquear Israel e a casa, ou seja, o palácio do rei Acabe. Diante dessa situação Acabe não aceitou, e então Ben-Hadade disse que destruiria tudo e todos, mas o rei Acabe lhe disse algo que eu acredito ter sido uma das poucas boas coisas que Acabe fez ou disse. Disse Acabe: “Não se gabe quem se cinge como aquele que vitorioso se descinge. Vr.11”. Ben-Hadade se gabava que seu exército reduzira o Monte de Samaria a pó, mas Acabe lhe respondeu que ele não deveria se gabar do resultado da batalha antes de ela ter começado.

Nesse momento aparece um profeta, não com uma “profetada”, mas com uma mensagem de Deus, pois o meu Deus não usa meninos de recado, mas profetas. A Bíblia não fala quem era esse profeta, mas uma coisa eu creio e quero que você guarde bem isso que vou escrever agora: “Deus sempre tem um profeta em posição e a disposição para ser usado na hora que precisar, seja para exortar, ou anunciar a vitória.” Então esse profeta, que pode ser um da escola de Elias, vem e lança a palavra de Deus ao rei Acabe e para que Israel soubesse que o seu Deus tem nome e sobrenome.

Note que este profeta tem uma característica do profeta Elias, ele aparece do nada e fala diretamente sem titubear, ele diz o que escrito está no vr. 13, (Assim diz o Senhor: viste toda essa grande multidão? Pois, hoje, a entregarei nas tuas mãos, e saberás  que eu sou o Senhor). Isso é que é Deus de verdade, Hein!
 
Acabe não tinha um grande exército, muito menos um pelotão, ele tinha na verdade uma “pelotinha” de gente, perto do exército da Síria, mas Deus nunca se importou com quantidade e sim com qualidade. Ben-Hadade, que era um bebum, estava se embriagando e não deu crédito aos homens de Deus, assim como muitas vezes fazem conosco, mas os moços de Israel botaram todos para correr.

Novamente aparece o profeta e avisa que dentro de um ano o inimigo voltaria, pois Deus revelou ao profeta aquilo que aconteceu dentro do exército da Síria, quando os soldados disseram a Ben-Hadade: “que o Deus de Israel era Deus dos montes e não Deus dos vales, se pelejarmos contra Israel nos vales, eles perecerão (vr.23)”. E o rei da Síria acreditou e voltou para tentar tomar aquilo que o Senhor decidiu proteger.
 
Sete dias ficaram acampados um de frente para o outro, Israel frente a Síria, o povo de Deus frente ao inimigo, e no sétimo dia o vale se transformou em um campo de batalha e Israel feriu naquele dia cem mil homens e o restante fugiram, e o rei Ben-Hadade passou a se esconder em buracos, temendo Israel.    
    

DEUS É DEUS DE MONTES E VALES

A primeira batalha foi travada nos montes e agora os conselheiros de Ben-Hadade lhe dizem que Israel venceu a batalha porque o seu Deus é Deus dos montes uma vez que a região de Samaria era montanhosa e que se lutassem nos vales certamente a Síria seria a vencedora, pois o Deus de Israel não era Deus dos vales. Essas palavras soaram como afronta aos ouvidos do verdadeiro Deus, o Senhor forte e poderoso Rei dos reis, grande Senhor Yhavé.

Vejo que hoje muitos dentre o povo de Deus vêm sendo afrontado no vale, travando intensas batalhas em lutas incansáveis, tendo suas forças afligidas e menosprezadas, e é para esses homens e mulheres que estão em vales passando por momentos aflitivos que quero direcionar esta palavra.

Quando os inimigos de Israel lutaram a primeira vez com os Sírios esta batalha foi entre montes e agora querem levar Israel para os vales. Minha indagação a Deus é o porquê de tantas batalhas serem levadas para os vales? Porque tantas menções de vales no contexto bíblico? Por que passamos grande parte de nossas vidas no vale de batalhas em meio a lutas sangrentas?       

ALGUNS VALES DE BATALHAS

Vi dentre os muitos relatos bíblicos que existem vales, locais estes onde ninguém deseja passar, pois nesses lugares nossos sonhos são metralhados pelo desânimo, nossos projetos são apedrejados pela desesperança, e muitos caem e não mais se levantam, e outros quando conseguem se levantarem caminham cabisbaixo e desiludidos. Quero com essa palavra lhes dizer que ainda há um Deus que não se assenta para descansar, ou dorme durante dia e noite, pois seus olhos estão atentos a todos que neste momento estão no meio de um vale. A diferença é: Você serve a esse Deus? Agora veja os vales que achei. Será que você nunca esteve em algum deles?
 

O VALE DE SIDIM – Gn 14:1-11

Este vale fica localizado na região onde se localiza as cidades de Sodoma e Gomorra. Nos dias de Ló este vale era uma região muito produtiva e verdejante, pois ao se separar de seu tio Abraão foi para este vale que Ló decidiu ir.

O nome Vale de Sidim quer dizer “Vale dos Campos”, onde se localizava as cidades de Sodoma cujo nome pode significar “Sal”, e Gomorra, que significa “Submersão”. Mas com o crescimento das abominações nessas cidades Deus as destruiu, e aquilo que era verdejante se tornou lugar de mau cheiro e sequidão, tornou-se o Vale salgado.
 
Nesse vale ouve uma grande batalha entre nove reis, quatro contra cinco, que se enfrentaram em meio a um mar de sangue.

É isso que vemos pessoas que estão passando por um vale salgado, de mau cheiro, de solidão e angustia. Pois o sofrimento é uma constante em suas vidas, filhos em meio a drogas, filhas em meio à prostituição, casamentos em ruínas. A batalha é covarde e desigual. Mas o que fazer? O que dizer para essas vidas que só sabem chorar de desespero? E como se isso inda não bastasse outros vales estão por vir.
 

O VALE DE GERAR – Gn 26:01,02

Abraão era morto, e agora Isaque tinha que levar à frente os planos de Deus. Isaque constituiu família e uma fome sobreveio naqueles dias, ou seja, um período de estiagem, seca, sem chuva, sem água, mas não era uma fome passageira como algumas outras que com certeza ele já havia enfrentado. Isaque pensou em se refugiar nas terras do Egito, e bem sabemos que no contexto bíblico Egito representa o mundo, então diante dessa adversidade foi lá que Isaque pensou em se esconder.

Assim como Asafe no Salmo 73, diz que o ímpio sempre tem uma vida mais regalada do que o justo, Isaque tem a mesma visão e pensa em ir para o Egito. Nas horas de dificuldade, adversidade, seca fome, eu te pergunto em quem confiar? Talvez nesse momento você esteja pensando em ir para o Egito. Onde está Deus nessas horas? Quantas pessoas estão agora mesmo no Vale de Gerar, vivendo uma vida seca e morrendo de fome, suplicando por um pedaço de amor, ou um gole de afeto? E o que dizer a estas pessoas?
 

O VALE DE BACA – Sl 84:5-6

Não se sabe a localização exata desse local, mas dependendo da tradução bíblica ele pode ser citado como vale de lágrimas, vale das lamentações, vale árido, pois o termo Baca significa “Choro, lágrimas”, talvez tenha esse nome por existir naqueles dias plantas de bálsamo que choravam, ou seja, destilavam um líquido aromático agradável.

Parece que até já estivemos lá, mas com certeza cada um de nós já se mergulhou em um vale de lágrimas, onde gritamos, berramos em alta voz, mas ninguém ouve ninguém vem a nosso socorro, tudo é só lamento, lágrimas. E o que dizer a estes que nesse momento estão gritando em meio ao Vale de Baca? Que se sente fragilizadas e vulneráveis a todas as dores? O que dizer a estas pessoas? Que o choro pode durar uma noite, mas a alegria virá pela manhã? Se já se faz dias, meses, ou até anos que eles estão no vale de Baca.
 

O VALE DE ELÁ – I Sm 21:9

Mais um vale no contexto de nossas vidas, um vale que muitos de nós parece me sair e votar a todo o tempo. Um lugar onde tudo que acontece é a afronta, a humilhação, a vergonha. O Vale de Elá foi o palco onde um homem abominável se levantava duas vezes ao dia e afrontava o povo de Deus. Seu nome era Golias, o gigante, que aproximava dos três metros de altura, uma aberração da natureza e ainda amedrontava qualquer mortal. Golias insultava Israel e desafiava qualquer homem que ali estivesse a lutar contra ele.

Isso é mesmo uma verdade diária, pois afrontas e gigantes aparecem todos os dias em nossas vidas, mas viver em constante Vale de Elá é muito ruim, pois é gigante atrás de gigante, que se levantam e abrem a boca para nos amaldiçoar, e com suas aparências de câncer, insuficiência renal ou cardíaca, falam que vamos morrer. Que a doença não tem cura. Isso é mesmo terrível.

Você tem uma palavra para essas pessoas nesse momento? Você ousaria se levantar e dizer alguma coisa para os que estão no Vale de Elá?

O VALE DE AIJALOM – Js 10:12-14

Moisés já havia sido inutilizado por Deus, eu escrevi inutilizado e não morto, pois ele não morreu (mas isso é outra história). Agora Josué era o líder que iria levar o povo de Deus a possuir a terra prometida. Logo que Israel entra em Canaã, reinos vão sendo tomados. Mas em meio a conquista havia um povo chamado de Os Gibeonitas, de Gibeão. Esses vieram pedir ajuda para Josué, pois os povos que habitavam as montanhas, conhecidos por Amoreus, haviam se juntado para disseminar os Gibeonitas, assim Josué decide ajudar e vencer estes inimigos e sai ao encontro deles em um vale chamado de o Vale de Aijalom. Esse local ficava a 24 Km de Jeruzalém, ao noroeste, com 18 Km de extensão e 9 Km de largura, grande não é?.

Mas os inimigos de Josué conheciam o Vale de Aijalom e ao escurecer todo o povo de Israel seriam mortos. E assim ainda nos dias de hoje, precisamos prosseguir e na caminhada em busca da conquista das promessas entramos em territórios que não conhecemos, e durante essa caminhada somos surpreendidos por situações que não esperávamos. Não que somos imprudentes, mas é preciso entrar no Vale de Aijalom, é inevitável, e muitos ali perdem o direcionamento da ação. E mais uma vez eu lhes pergunto. O que dizer para estes que cheios de ânimo e esforço entraram no Vale de Aijalom e foram surpreendidos pela escuridão da noite?
       

O VALE DOS OSSOS SECOS – Ez 37:1-14

Talvez este seja um dos piores, senão o pior. O Vale dos ossos secos é o que eu chamo de a pior visão bíblica. Até existe um sermão que prego denominado “O poder da palavra Profética”. Esse como o outro que veremos provém de uma visão de um profeta, e não está fisicamente descrito na bíblia. Talvez para nos mostrar que nossas lutas estão no mundo físico e também no espiritual.

Foi ali que o profeta Ezequiel viu uma multidão de pessoas mortas, que se derreteram após mortos. Uma visão que mostra não uma nem duas, mas milhares e milhares de pessoas que morreram por terem entrado em um dos vales acima e não conseguiram sair, mas morreram no meio do vale.

Quando olhamos para um monte de esqueletos jogados no chão, achamos que para eles não há mais saída, ou solução. Não foi para isso que eu nasci.

No mundo ignorante que vivemos, ouvimos dizer que existe jeito para tudo, só não tem jeito para morte. Isso é uma mentira, pois Deus, o verdadeiro Deus o qual servimos disse que Ele, somente Ele pode ressuscitar aquele que está morto. Você tem uma palavra para os moradores do Vale dos ossos secos?

O VALE DA SOMBRA DA MORTE – Sl 23:4

Davi faz menção a outro vale que a meu ver é muito espiritual. Ele o chama de o Vale da Sombra da morte, com certeza um lugar horrível, tenebroso, e sem igual. Creio que este lugar é o limite da estrutura humana, o limiar das forças que uma pessoa possa ter em seu interior. Creio ser um lugar onde as pessoas praticamente já se dão por vencidas. Onde o câncer já se enraizou, e contaminou grande parte do corpo. Lugar onde as esperanças se foram, e a angustia é o sentimento mais concreto.

Haveria saída para estas pessoas que andam errantes pelo Vale da sombra da morte, lugar onde não há mais o brilho do sol da esperança, mas já foram cobertos pela sombra maldita da palavra mais temida, a morte!

A minha pergunta não muda. O que dizer para estes quando já foram desenganados pelos médicos? Existe uma palavra de esperança para aqueles que estão a beira da morte? Por que nos sentimos mais nos vales do que em montes? Assim as aflições dessa vida vão nos minando e tirando as forças.

CONCLUSÃO

Quando os conselheiros de Ben-Hadade abrem a boca para declararem que o Deus de Israel só é Deus em cima dos montes, que só pode dar livramento para aqueles que estão em cima, em destaque, em lugar das alturas, eles mau sabiam que estavam provocando ou cutucando um vespeiro, pois escute bem:

“O MEU DEUS, O SEU DEUS, O NOSSO DEUS, É DEUS EM CIMA NOS CÉUS E DEUS EMBAIXO NA TERRA, É DEUS DOS MONTES E DEUS DOS VALES.”

Então eu tenho uma palavra para aqueles que estão nos vales tenebrosos da vida. Para o que estão em dificuldades extremas:

O VALE DE SIDIM – Gn 14:1-11

Onde antes era um vale de campinas verdejante e somente o aroma das flores subia e enchia aquele lugar de prazeres, e ao passar dos tempos ficou seco e com cheiro de enxofre. Deus pode mudar sua vida e aquilo que parecia impossível pode tornar-se possível agora mesmo. Assim como a salvação veio para Ló, virá para você. Apenas deixe o pecado de lado e verá o milagre de Deus em sua vida, e todos verão que tu és escolhido do Senhor para vencer.

O VALE DE AIJALOM – Js 10:12-14

Este lugar a principio é terra do inimigo, onde alguns entraram e se perderam e estão em desespero, mas vai ser neste lugar que o milagre vai acontecer e seus inimigos serão derrotados onde eles pensam que são fortes, pois Deus ouviu a oração de Josué e ouvirá a sua e a minha também. "O sol vai parar, e a lua estacionar.” Deus vai parar a terra para que sua vitória chegue até você.

O VALE DE ELÁ – I Sm 21:9

Esse lugar onde gigantes se levantam para afrontar o exército do Deus vivo vai ser o lugar onde os gigantes irão cair e suas cabeças serão arrancadas pelos filhos de Deus. Basta que agora você se coloque como voluntário para honrar o nome de Deus. Assim não ficará um gigante sequer em pé para contar história.

O VALE DE BACA – Sl 84:5-6

Lugar do choro, lágrimas, tristezas e angústias, mas ali também existe o bálsamo cheiroso que vai curar o mau e perfumar a sua vida. Você precisa resistir, pode parecer que não vai passar, mas vai e então verá que a palavra de Deus faz a diferença. Entregue sua vida a Jesus agora mesmo e o vale de Baca será apenas lembranças.

O VALE DE GERAR – Gn 26:01,02

O lugar onde a seca parece que não vai acabar lugar onde o desespero toma conta das pessoas e a vontade é fugir para o mundo. Mas assim como Deus disse para Isaque, Ele também diz a mim e a você, não vá para o Egito, fique aqui na minha presença, pois é aqui que irei te prosperar grandemente, pois Eu sou o Deus que falo e cumpro, se creres verás a minha glória, diz o Senhor dos Exércitos.

O VALE DOS OSSOS SECOS – Ez 37:1-14

Não temas, pois Deus ainda tem o fôlego da vida para soprar em suas narinas assim como fez na visão do profeta e então se levantará e novamente viverá e saberá que ainda há Deus em Israel, que cumpre as promessas que fez, pois Ele não é homem para que minta e nem filho do homem para que se arrependa. Deus pode te levantar da morte agora e te colocar em pé.

O VALE DA SOMBRA DA MORTE – Sl 23:4

O salmista Davi faz menção ao Vale da sombra da morte, mas logo completa escrevendo que Deus está com ele e mesmo nessa situação tenebrosa e aparentemente impossível de sair, Deus pode tirá-lo. Se Deus era com Davi Ele também é contigo meu querido irmão. Confie no Senhor assim como Davi confiou. Creia nessa palavra e tome posse da vitória agora mesmo.

Leia novamente a nota importante que escrevi no começo da mensagem sobre o que é um Vale e verá que uma característica do Vale é que geralmente existe um rio que passa por ele, um rio de águas cristalinas, que matará sua sede, que refrescará seu corpo cansado, e que te limpará dos ferimentos da batalha.

Deus é Deus dos montes e dos vales, nunca se esqueça disso meu amado irmão e irmã. Ele te ama profundamente, pois se assim não fosse Ele não me teria colocado aqui em minha casa para lhe escrever esta mensagem.

Faltaria-me tempo para ainda discorrer sobre outros vales. Mas uma coisa é certa, Deus é Deus com você ou sem você. Mas você sem Deus o que é?

|  Autor: Pr. Alexandre Augusto  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |