Procure

A Oração da Fé


Introdução:  As correntes secaram?
         Nestes últimos dias instalou-se no seio das igrejas evangelicas uma escassez de oração! Raras são as denominações que mantém essa prática saudável de comunhão com Deus, substituídos pela reverencia e temor que seriam a maneira costumeira e bíblica de quando ali nos apresentamos: “Guarda o teu pé, quando entrares na Casa de Deus”. Ecl 5.1
         Além dessa escassez existe um outro grande problema que é o tipo de oração que estamos elevando aos céus. Muitas vezes nossas oraçoes sao simplesmente uma conversa sem nenhum ânimo e desejo de falar com Deus. Isto é um sintoma de pessoas doentes, sim doentes, infelismente temos muitas dessas em nossas igrejas, algumas até mesmo dizendo que nao precisam orar e muito menos jejuar, isso para nao dizer que a própria igreja está doente: dependencias de pregadores “ungidos”, de profecias, revelacoes, milagres, novas interpretacoes da palavra fora de seu contexto, etc. Ela que nasceu debaixo de grande empenho daqueles que perseveraram unanimes em oracao até que do alto viesse a promessa de Jesus. Preparando uma mensagem para a igreja me deparei com este texto que o apóstolo Tiago escreveu:
 
“E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados,  ser-lhe-ão perdoados (Tg 5.14).

         O Espírito Santo me chamou atenção sobre algumas coisas:
        Primeiro: “a oração da fé”.       
        Segundo: “salvará o doente”. Há salvacao para as doenças da igreja.
        Terceiro: “o Senhor o levantará”. O Senhor Jesus é o poder divino por detráz da cura espiritual.
        Quarto: “e se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados”. A oracao da fé salva, cura, e perdoa pecados!
         É sobre este assunto, “A oracao da fé salvará o doente” que Deus me levou a fazer este estudo junto com a igreja. Aqui está a solucao, o que realmente ira curar a igreja é a oracao, a prática da oracao, uma vida de oracao. Dentro desta revelacao buscarei transcrever a seguir um estudo prático sobre este assunto.

Mas o que é oracao da fé?

        Não podemos entender sua profundidade, mas podemos dizer “é o diálogo de confiança na lealdade, no saber e na veracidade alguém”, à trindade santa. Haverá alguma oração sem fé? Sim, claro! Vejamos:
         Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam. Hb 11.6

Quando oramos sem fé, estamos diretamente:
  • Desagradando a Deus
  • Não obteremos recompensa
  • Não crendo que Ele existe.

“E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios,  que pensam que, por muito falarem, serão ouvidos.”  Mt 6.7

Orar sem fé, conforme Mt 6.7 é:
  • Brincar com Deus
  • Falar sem sentido, sem nexo
  • Balbuciar = se embaraçar; Ter falta de decisão; Demonstrar receio ou falta de segurança, vacilar; Mostrar dúvida; Atrapalhar-se a falar ou falar de forma confusa, isto é gaguejar, titubear; Considerar o número de orações, e, acumular orações para cansar os ouvidos de Deus.

         Enfim, a oração da fé nao pode ser estática, isto é, em adj.estado de repouso (em oposição a dinâmico). Imóvel, sem se mover, parado (como estátua) Exemplo:
 
“E tomaram o bezerro que lhes dera e o prepararam; e invocaram o nome de Baal, desde a manhã até ao meio-dia, dizendo: Ah! Baal, responde-nos! Porém nem havia voz, nem quem respondesse; e saltavam sobre o altar que se tinha feito. E sucedeu que, ao meio-dia, Elias zombava deles e dizia: Clamai em altas vozes, porque ele é um deus; pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; porventura, dorme e despertará. E eles clamavam a grandes vozes e se retalhavam com facas e com lancetas, conforme o seu costume, até derramarem sangue sobre si. E sucedeu que, passado o meio-dia, profetizaram eles, até que a oferta de manjares se oferecesse;  porém, não houve voz, nem resposta, nem atenção alguma.” I Rs 18.26-29

         Portanto, como vimos acima nossa conversa com Deus não pode ser estática mas, deve ser dinâmica porque Ele é dinâmico, vivo, real, perfeito, que detém toda sabedoria, etc.
 
“Então, Elias disse a todo o povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; e reparou o altar do Senhor, que estava quebrado.E Elias tomou doze pedras, conforme o número das tribos dos filhos de Jacó, ao qual veio a palavra do Senhor, dizendo: Israel será o teu nome. E com aquelas pedras edificou o altar em nome do Senhor; depois, fez um rego em redor do altar, segundo a largura de duas medidas de semente.Então, armou a lenha, e dividiu o bezerro em pedaços, e o pôs sobre a lenha, e disse: Enchei de água quatro cântaros e derramai-a  sobre o holocausto e sobre a lenha. E disse: Fazei-o segunda vez; e o fizeram segunda vez. Disse ainda: Fazei-o terceira vez; e o fizeram terceira vez, de maneira que a água corria ao redor do altar, e ainda até o   rego encheu de água. Sucedeu, pois, que, oferecendo-se a oferta de manjares, o profeta Elias se chegou e disse: Ó Senhor, Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme a tua palavra fiz todas estas coisas. Responde-me, Senhor, responde-me, para que este povo conheça que tu, Senhor, és Deus e que tu fizeste tornar o seu coração para trás. Então, caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego. O que vendo todo o povo, caiu sobre os seus rostos e disse: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!”  I Rs 18.30-39

         Já lembramos que o nosso Deus é vivo e ama relacionar-se com coisas vivas, por isso Jesus nos salvou das trevas para sua maravilhosa luz. Percebeu que antes de Elias orar a Deus ele teve que reparar o altar que estava quebrado? Assim nós também precisamos urgentemente reparar nosso “altar”. Antes precisamos saber o significado de três  palavras importantes para nosso estudo. “Reparou”, “Altar”, “Quebrado”, “Edificou”.

O primeiro “altar”, significa, consagrado, isto é, lugar consagrado:
 
“Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo,  que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” I Co 6.19

         O segundo “quebrado”, significa por incrível que pareça, isso tudo: falido, arruinado, partido, prostrado, que tem rotura. Nossa que situação estava aquele altar! E o nosso como está? No meu pastoreio tenho acompanhado muitas pessoas com seus “altares quebrados”, prostituição, pornografia, imoralidade, contendas, ódios, falta de amor, sem confissão de arrependimento, escasso em santidade, pobre em temor, sem confiança e determinação, nenhuma esperança, falta de perdão e reconciliação, uma pobre vida abundante, sem alegria, ousadia, descaracterizado de identidade, pouquíssimos sonhos! Sim isso tudo.
         As pedras do altar foram derrubadas e espalhadas. (Só Satanás faz isso). Este é um trabalho dele somente. É hábil em espalhar as pedras do nosso altar. Elias sabia que precisa antes de orar a “oração da fé”, teria de colocar as pedras nos seus devidos lugares! Assim também se quisermos orar a “oração da fé” devemos urgentemente ajuntar as pedras do nosso altar. Algumas delas talvez nem a acharemos, outras estarão quebradas, rachadas ou até mesmo estilhaçadas dependendo do cuidado que cada um de nós temos delas. Satanás tem lançado algumas dessas pedras bem longe de nos e estão em lugares que não sabemos e outras e outras em lugares de difíceis acessos, no meio de outras pedras que não do nosso altar e seu resgate será difícil....., mas o profeta conseguiu ajuntá-las. Só o “Profeta” poderá ajuntar nossas pedras, Jesus Cristo é suficientemente capaz de reencontrá-las e entregá-las nas mãos do Espírito Santo que é especialista em recuperá-las. Deus estará atento a este trabalho esperando num curto espaço de tempo que a conexão seja restabelecida e Ele se alegre em considerar novamente nossas orações, mas propriamente nossa “oração da fé”
         O terceiro “reparou” significa: Renovar; Melhorar; Retocar; Consertar, restaurar; Restabelecer; Reforçar; Restabelecer-se.
         O quarto “edificou”, significa: Construir; Induzir ao bem e à virtude.
         Podemos reconstruir o altar? Sim algumas coisas podemos fazer, mas outras, só Jesus pode fazer! Para tanto iremos estudar pedra à pedra, dando a ela um nome apropriado, com a ajuda do Senhor:

As 12 Pedras do Altar

  • Amor
  • Confissão e Arrependimento
  • Santidade
  • Temor
  • Confiança / Determinação
  • Esperança
  • Perdão / Reconciliação
  • Vida Abundante
  • Alegria
  • Ousadia
  • Identidade
  • Sonhos

        Ao que parece que parece o número 12 representa o número do governo de Deus. A Bíblia conta que Jacó-Israel teve 12 filhos (Gênesis 35:22-27) e que cada um destes se tornou o fundador de uma das Doze Tribos de Israel, o povo de Deus (Gênesis 49:28). Jesus escolheu Doze Apóstolos (Mateus 10:2-4) para o início da Igreja. Haviam 24 classes de sacerdotes e levitas (I Crônicas 24:4) e 48 cidades de levitas (Numeros 35:7). E novamente no Livro de Apocalipse, o número 12 fica muito evidente por simbolizar a salvação do povo de Deus. Há 24 anciões ao redor do trono de Deus e 144.000 dos salvos (Apocalipse 4:4; 7:4). é vista a perfeição da Nova Jerusalém em seus 12 portões, com cada "uma única pérola," e 12 fundamentos, cada um adornado com jóias. Sua circunferência é de 12.000 estádios, e seus muros são de 144 cúbitos de altura (Apocalipse 21:10-21; Ezequiel 48:30-35).

Autor: Pastor Ademar