Procure

Estudo Tempo de Intimidade Com Deus


"O segredo do SENHOR é com aqueles que o temem; e Ele lhes mostrará a sua aliança." (Salmos 25 : 14)

INTRODUÇÃO:
Quem nunca teve um segredo e precisou contar a alguém? Mas quando temos um segredo, algo que não deve ser exposto a todas as pessoas, procuramos com cuidado encontrar alguém de confiança para compartilharmos tal assunto. Davi no Salmo 25, em uma oração por defesa, direção e perdão, revela que um elo estava formado entre ele e o Senhor e que quilo era a certeza que Davi precisava para saber que a qualquer momento, o Senhor mudaria sua história.

Davi em toda a sua vida procurou manter acesa a chama da sua intimidade com Deus. Isso foi fundamental na vida de Davi e mesmo no período de sua queda moral, o relacionamento de Davi com Deus, não se dissipou. Davi verdadeiramente foi exemplo de um homem amigo de Deus. Nada poderia destruir esse elo entre Davi e o SENHOR.

E esse elo tem nome: INTIMIDADE. Diante a isso podemos entender que:

1. INTIMIDADE É O RESULTADO DE UM RELACIONAMENTO MAIS PROFUNDO.

- Existem na vida, vários tipos de relacionamentos, mas nem todos alcançam raízes, profundidades. Esses relacionamentos são chamados de relacionamentos superficiais. Colegas de escola, de trabalho.

· Mas Deus, sempre buscou criar relacionamento com o homem, e ainda hoje o chama para um relacionamento com Ele. Deus não espera que ao decidirmos ter uma vida com Ele, continuemos ou vivamos como se ainda existisse uma enorme barreira entre nós e Ele. Pelo contrário o Senhor quer que compreendamos que Ele está próximo de nós e que o véu que nos separava Dele, já não separa mais. Deus tem ao longo do tempo buscado esse relacionamento com o homem. E o relacionamento que Deus espera ter conosco é um relacionamento profundo. Relacionamentos superficiais são relacionamentos vulneráveis sem sustentação e Deus não espera que uma vez que alcançamos o contato com Ele venhamos a perdê-lo.

2. INTIMIDADE É RESULTADO DE UM RELACIONAMENTO CONSTRUÍDO.

· Relacionamentos nunca poderão ser comprados. Todo bom relacionamento deve ser construído, e para que isso possa acontecer é necessário que nos dediquemos um pouco mais. Que invistamos um pouco mais de tempo. Aquilo que não invisto tempo ou dinheiro não tem valor para mim. Devo entender que Deus não é um agente passivo nesse relacionamento, ou seja, Ele faz a parte dEle. E também preciso entender que Deus não me quer como agente passivo desse relacionamento. Ele espera que possamos demonstrar que o amamos.

· E para construirmos esse relacionamento, devemos buscar conhecê-lo. Não se constrói relacionamentos, não se têm intimidade com alguém que não se conhece. E o que eu devo conhecer de Deus é algo muito individual. Não posso desenhar Deus com os olhos de meu irmão. Tenho que buscar aprender sobre esse Deus. Tenho que buscar ter experiências próprias com esse Deus. Chega de contar testemunhos dos outros e o máximo que eu sei de Deus é o que eu ouvi do Pastor. Deus busca um relacionamento pessoal com você. Por isso a oração é tão forte. Porque quando oramos, conversamos com Ele.

3. INIMIDADE É O RESULTADO DE UM RELACIONAMENTO DE CONFIANÇA.

· Abraão foi conhecido como o pai da fé. Ele alcançou um relacionamento com Deus e a sua fé, a sua esperança era o que fortalecia os laços de Abraão e o Senhor.
· Quando depositamos nossa confiança verdadeiramente em Deus, nossos projetos prosperam porque a intimidade alcançada através da confiança nEle, faz-nos ter a certeza de que ele não nos abandonará.

"Bem-aventurado o homem que põe no SENHOR a sua confiança." (Salmos 40 : 4)

Infelizmente ainda existem muitas pessoas que estão na igreja, mas ainda resistem a Deus em seus corações. Nunca buscaram ter um relacionamento mais profundo com Deus. Não parecem com Deus, não andam como Deus espera que andem. Relacionamentos superficiais, vulneráveis.

| Autor: Denilson Pinheiro | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |