Procure

Estudo Bíblico Bíblia - O Livro dos Livros


A Bíblia em si, recebe outros nomes, como: Palavra de Deus, Escritura (Mt.21:42); Sagrada (Rm.1:2); Livro (Is.34:16); Palavra (Mc.7:13; Hb.4:12); Oráculo (Rm.3:2); Sagrada Escritura, Lei, Lei e os Profetas, Livro Sagrado, Sagradas Letras, Divina Revelação, etc. A primeira Escritura foi impressa na Alemanha em meados do Século XV, em 1450 por Johannes Gutemberg que desenvolveu a arte de fundir tipos metálicos móveis, sendo esta Bíblia o início da produção em massa de livros no Ocidente. A primeira Bíblia impressa por Gutemberg foi em latim, com esta nova arte foi possível imprimir várias cópias em alemão, mais tarde pouco antes de 1500 já era possível encontrar Bíblias em outros cinco idiomas – italiano, francês, tcheco, holandês e catalão; no início do século 16 a bíblia era encontrada em outras seis línguas – espanhol, dinamarquês, inglês, sueco, húngaro, islandês, polonês e finlandês, tudo isso foi possível mediante a persistência de Gutemberg em imprimir literatura em grande quantidade, pois toda a literatura na época era manuscrita, ficando assim restrita a pouquíssimos a Palavra de Deus. Não existe outro livro que se iguale em tradução ou circulação, são milhões de exemplares em mais de 240 línguas e dialetos, 739 idiomas, 1.280 línguas com mais de 3.000 tradutores.

HISTORIA

A palavra Bíblia vem do grego, através do latim, e significa: livros, foi escrita num período que abrange mais de 1600 anos por cerca de 40 autores, das mais variadas profissões: de humildes agricultores, pescadores até renomados reis, exemplos de Moisés Líder Político; Pedro, Pescador; Amós, Boiadeiro; Josué, General; Neemias, Copeiro; Daniel, Primeiro-Ministro; Lucas, Médico; Salomão, Rei; Mateus, Coletor de Impostos; Paulo, Rabino. Em diversos lugares como: Moisés, no deserto; Jeremias, na masmorra; Daniel, na colina e em palácios; Paulo, na prisão; Lucas, numa viagem; João, numa ilha (Patmos). Em materiais diversos como Papiro, pergaminho, Velino (couro de filhotes de cabras), ástraco (Cerâmica do Egito), Pedras, Argila e Cera. Em três continentes: Ásia, África e Europa. O Antigo Testamento foi escrito em Hebraico ou judaica ou língua de Canaã II Rs 18:26-28, Isaías 19:18, com exceção de algumas passagens em Esdras, Jeremias e Daniel que foram escritas em aramaico língua do oriente próximo na época de Alexandre o grande de IV a C. O Novo Testamento foi escrito em grego língua internacional na época de Cristo. Martinho Lutero foi o primeiro tradutor da Bíblia para uma língua que  povo pudesse ler e entender o alemão.

Curiosidades:

A Bíblia Cristã contém 66 livros, 1.189 capítulos, sendo 929 no Antigo Testamento e 260 no Novo Testamento, e 31.173 versículos sendo 23.214 no AT e 7.959 no NT, o maior está em Ester 8:9 e o menor em Êxodo 20.13 e ou Jó 3.2. Os versículos 8, 15, 21 e 31 do Salmo 107 são iguais, Salmo 117 é o capítulo mais curto da Bíblia, O Salmo 119 é o mais longo da Bíblia. Os 176 versículos acham-se divididos em 22 seções de oito versos cada uma, correspondendo a cada uma das letras do alfabeto hebraico. Salmo 118 é o capítulo que está no centro da Bíblia. Há 594 capítulos antes e depois do Salmo 118, O Versículo que se encontra no centro da Bíblia está em Salmo 118:8, Todos os versos do Salmo 136 terminam com o mesmo estribilho. O livro de Isaías assemelha-se a uma pequena Bíblia: contém 66 capítulos; os primeiros 39 falam da história passada, e os 27 restantes apresentam promessas do futuro. O último livro da Bíblia a ser escrito foi III São João. O Livro mais antigo da Bíblia não é o Gênesis, mas Jô. Acredita-se que foi escrito por Moisés, quando esteve no deserto. No livro de Ester e no livro de Cantares não se encontra a palavra Deus. O Antigo Testamento termina com uma maldição, e o Novo Testamento termina com uma benção. Há 3573 promessas na Bíblia. Em Juízes 14:18 encontramos um dos exemplos mais antigos de enigma. O sábio Salomão deixou mais de três mil provérbios. A operação matemática mais rendosa foi efetuada por Jesus quando multiplicou 5 pães e 2 peixes para alimentar a mais de cinco mil pessoas e ainda sobraram 12 cestos cheios.

Conclusão:
Um livro como este deve ser respeitado e admirado por todos principalmente para aqueles que se dizem cristãos. Sua harmonia e coerência, desde Gênesis a Apocalipse, onde o Tema é Deus, que redime o homem. “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim;” João 5:39, “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.” Salmos 119:105.

| Autor: Pr. William Modesto de Almeida | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |