Procure

Estudo Bíblico Tempo de Crise


Texto básico: 1 Samuel 30:1-20

Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens, ao terceiro dia, a Ziclague, já os amalequitas tinham dado com ímpeto contra o Sul e Ziclague e a esta, ferido e queimado; tinham levado cativas as mulheres que lá se achavam, porém a ninguém mataram, nem pequenos nem grandes; tão somente os levaram consigo e foram seu caminho. Davi e os seus homens vieram à cidade, e ei-la queimada, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas eram levados cativos. Então, Davi e o povo que se achava com ele ergueram a voz e choraram, até não terem mais forças para chorar. Também as duas mulheres de Davi foram levadas cativas: Ainoã, a jezreelita, e Abigail, a viúva de Nabal, o carmelita. Davi muito se angustiou, pois o povo falava de apedrejá-lo, porque todos estavam em amargura, cada um por causa de seus filhos e de suas filhas; porém Davi se reanimou no SENHOR, seu Deus. Disse Davi a Abiatar, o sacerdote, filho de Aimeleque: Traze-me aqui a estola sacerdotal. E Abiatar a trouxe a Davi. Então, consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Perseguirei eu o bando? Alcançá-lo-ei? Respondeu-lhe o SENHOR: Persegue-o, porque, de fato, o alcançarás e tudo libertarás. Partiu, pois, Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se achavam, e chegaram ao ribeiro de Besor, onde os retardatários ficaram. Davi, porém, e quatrocentos homens continuaram a perseguição, pois que duzentos ficaram atrás, por não poderem, de cansados que estavam, passar o ribeiro de Besor. Acharam no campo um homem egípcio e o trouxeram a Davi; deram-lhe pão, e comeu, e deram-lhe a beber água. Deram-lhe também um pedaço de pasta de figos secos e dois cachos de passas, e comeu; recobrou, então, o alento, pois havia três dias e três noites que não comia pão, nem bebia água. Então, lhe perguntou Davi: De quem és tu e de onde vens? Respondeu o moço egípcio: Sou servo de um amalequita, e meu senhor me deixou aqui, porque adoeci há três dias. Nós demos com ímpeto contra o lado sul dos queretitas, contra o território de Judá e contra o lado sul de Calebe e pusemos fogo em Ziclague. Disse-lhe Davi: Poderias, descendo, guiar-me a esse bando? Respondeu-lhe: Jura-me, por Deus, que me não matarás, nem me entregarás nas mãos de meu senhor, e descerei e te guiarei a esse bando. E, descendo, o guiou. Eis que estavam espalhados sobre toda a região, comendo, bebendo e fazendo festa por todo aquele grande despojo que tomaram da terra dos filisteus e da terra de Judá. Feriu-os Davi, desde o crepúsculo vespertino até à tarde do dia seguinte, e nenhum deles escapou, senão só quatrocentos moços que, montados em camelos, fugiram. Assim, Davi salvou tudo quanto haviam tomado os amalequitas; também salvou as suas duas mulheres. Não lhes faltou coisa alguma, nem pequena nem grande, nem os filhos, nem as filhas, nem o despojo, nada do que lhes haviam tomado: tudo Davi tornou a trazer. Também tomou Davi todas as ovelhas e o gado, e o levaram diante de Davi e diziam: Este é o despojo de Davi. (1 Samuel 30:1-20 RA).

Qual de nós nunca enfrentou uma crise? Tempos de crise são muito comuns em nossas vidas. Mas o que fazer quando ele surge?

Em tempos de crise sofremos tribulações e, sabemos que todos nós crentes podemos passar por elas.

Hoje é quase que corriqueiro ouvirmos nas rádios, ou nos meios de comunicação sobre este assunto, ele faz parte do nosso cotidiano. Ela surge nas mais diversas áreas: financeira, ética, moral, social, familiar, educacional, espiritual etc.

Como nos portamos diante dela? Tomamos alguma atitude ou simplesmente esperamos que passe?

Ela é algo que surge de repente, muitas vezes somos pegos de surpresa.

No texto de hoje, vimos que Davi está passando por um momento de crise em sua vida.depois de três dias de caminhada no retorno para casa, mal entra na cidade, vê tudo destruído e vazio, pois sua família e bens haviam sido levados pelos amalequitas. O desespero toma conta dele e de seus homens, a tal ponto que alguns querem apedrejá-lo. Que aflição! Mas vale a pena observar a atitude que Davi tomou diante dessa crise.

Primeiro Davi buscou a Deus para conversar com Ele, expor a sua situação e obter uma resposta. (v.8)

Em segundo lugar ele não ficou parado esperando que Deus resolvesse tudo para ele. Ele partiu imediatamente atrás do seu objetivo, não ficou prostrado se lastimando. (v.9)

Em terceiro lugar ele não desanimou apesar do cansaço. (v.10)

Em quarto lugar aproveitou a ajuda que Deus mandou (v. 11, 15-16). Por fim conquistou de volta tudo o que era seu.

Temos que confiar no Poder de Deus.

Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós. 
Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos; levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo. (2 Coríntios 4:7-10 RA)

Como nós temos reagido diante das crises? Ficamos lamentando e chorando? Procuramos um culpado, acusando-o com palavras, gestos, atitudes que não nos levam a solução alguma?

A exemplo de Davi ao invés de ficarmos nos lamentando e proclamando aos quatro cantos a nossa crise, busquemos Àquele que pode resolver o nosso problema: O Senhor Jesus. Por maior que for o seu problema Ele é maior que ele. Ele tem a resposta para nossos problemas e nos indicará a solução. Não podemos ficar angustiados, nem nos sentirmos desanimados ou desamparados, pois contamos sempre com a providência divina no devido momento. Jamais passaremos por uma crise que não possamos suportar.

Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar. (1 Coríntios 10: 13 RA).

O Senhor nos convida a ir até Ele.

Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve. (Mateus 11: 28-30 RA)

Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte,  lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. (1 Pedro 5:6-7 RA).

Maranata! Ora vem Senhor Jesus!
| Autor: Pr. Alcebídios Garcia Dias | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |