Procure

A Prova de Fogo da Profecia de Morris Cerullo


         Em agosto do ano passado, Morris Cerullo disse que se alguém fizesse o pagamento prévio de novecentos reais iria receber a “unção financeira”, antes do dia primeiro de janeiro de 2010. Vejam trecho da profecia:

“Ouça a voz de Deus, hoje. Se você for ao telefone e fizer um compromisso para semear R$900,00, e você disser: Deus, quero dar meu passo na minha unção financeira dos últimos dias. “Eu te prometo: antes de chegar o dia primeiro de janeiro, Deus irá cumprir toda a profecia, todas promessas que ele já fez sobre a tua vida”.


         Essa profecia, veiculada no programa de televisão Vitória em Cristo, do pastor Silas Malafaia, resultou na minha “Carta Aberta a Morris Cerullo”, onde apresentei alguns questionamentos. Dentre os quais disse que Deus seria injusto se beneficiasse somente os que podem pagar novecentos reais. E os pobres, os que mais precisam de crescimento financeiro?
         Pois bem, chegou janeiro. É tempo de levarmos em conta o que está nas escrituras. Vejam:

“Quando o tal profeta falar em nome do SENHOR, e tal palavra se não cumprir, nem suceder assim, esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou o tal profeta: não tenhas temor dele” (Dt 18.22).

         Em razão disso, solicito a todos os que confiaram na profecia e semearam novecentos reais, que me informem se de fato já receberam a “unção financeira dos últimos dias”. Morris Cerullo disse que receberiam ANTES do primeiro dia do ano. Logo, se confirmada a sua profecia, muitos já estão na posse mansa e pacífica da referida unção. Não se trata de informar que a receberam pela fé, que “acham” que receberam, ou coisas semelhantes. Algo muito positivo e inconfundível deve ter acontecido na vida de cada um.
         A bênção financeira deverá alcançar TODOS, sem exceção. Não basta que alguns tenham conseguido um emprego, ou que um filho tenha passado no vestibular. A profecia de Cerullo diz também que “todas as promessas que Deus fez sobre a sua vida” serão cumpridas. Tudo começaria antes de primeiro de janeiro. Disse também que era a “voz de Deus”. Falou em nome de Deus. Trata-se de uma enxurrada de bênçãos.
         Se você semeou, isto é, pagou antecipado para receber a bênção, me informe o resultado, quer seja negativo, quer seja positivo. Somente assim podemos seguir a recomendação divina de provar a autenticidade das profecias. Mãos à obra.

Se concordarem, repassem esta mensagem aos seus contatos.


Autor: Pr. Airton Evangelista da Costa
Email: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.