Procure

Esboço O Milagre em Lugar das Migalhas


Atos 3:1-9
1 - E PEDRO e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona. 2 - E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam. 3 - O qual, vendo a Pedro e a João que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. 4 - E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. 5 - E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa. 6 - E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. 7 - E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram. 8 - E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus. 9 - E todo o povo o viu andar e louvar a Deus;

O médico Lucas inicia o capítulo 3 de Atos dos apóstolos relatando acerca de um certo homem, coxo como tantos, miserável como tantos, pobre como tantos, desprezado como tantos,...

Este homem ia todos os dias a porta do templo para realizar a única atividade que lhe restara (pedir esmolas), todos os dias o levavam e o depositavam na porta do templo, a imponente porta chamada “A formosa”  talvez por ser feita de bronze coríntio fosse assim chamada. Por aquela mesma porta passavam os sacerdotes, os levitas, os doutores da lei... Até permitiam que aquele coxo esmolasse ali, talvez para demonstrarem que tinham compaixão.

O homem coxo esperava sempre receber daqueles que por ali passavam uma pequena esmola, talvez uma moeda de pequeno valor, pois é o que se espera de quem dá esmola: o menor valor encontrado no alforje ou na carteira... Talvez fosse esse mesmo valor que ele esperava receber de Pedro e João, mas, para sua aparente infelicidade, eles também eram pobres e não tinham nenhuma moedinha para lhe darem de esmola, entretanto, para sua real felicidade aqueles dois homens tinham algo para lhe dar que mudaria sua vida para sempre.

Eles não tinham a esmola (migalha) que aquele homem esperava receber, mas, tinham o milagre que ele de fato precisava.

Quais as lições desse texto para nós como igreja hoje?

1º, aquele homem tinha um problema que o afligia desde a infância, e, por achar que ninguém poderia ou até mesmo ninguém queria ajudá-lo ( pois por nascer assim os judeus o consideravam pecador  e o consideravam digno do sofrimento que vivia  Jo. 9:1,2). Por causa disso ele tomou duas infelizes decisões:

A) Fez do seu problema um ofício V.2
B) Passou a depender da piedade dos outros V.3

Não muito diferente disso, muitos, nos dias de hoje, inclusive crentes, estão fazendo das suas dificuldades um artifício para convencer os outros a os ajudarem, apelando às vezes para longas choradeiras e testemunhos tristes nas igrejas para serem ajudados pelos irmãos.

2º, Assim como os sacerdotes que permitiam que os coxos, cegos e aleijados, etc... Pedissem esmolas na porta do templo, mas, não se preocupavam com a sua real situação, assim também o faz a igreja hoje:

a) Convida as pessoas para irem a igreja e até as recebe...

b) Não se preocupa em discipulá-las,  ou não tem tempo para isso, ou seja, não se preocupa que elas continuem cegas, coxas ou aleijadas espiritualmente.

3º, O cego buscava todos os dias ganhar o seu sustento, esmolas, ou migalhas que o ajudariam nas suas necessidades materiais, talvez até conseguisse algumas moedinhas, entretanto, não encontrava para sua vida nenhum sentido espiritual:

a) Muitos estão buscando estão buscando todos os dias, sem falta, ganhar sua vida, para suprir suas necessidades matérias, mas, por outro lado, vivem uma vida espiritual sem esperanças.

b) Outros olham para o céu buscando ajuda, mas não sabem de fato o que querem. V. 5

4º, Pedro não tinha ouro nem prata, mas ele tinha em suas mãos o milagre e Pedro confiava naquilo que tinha.
-Muitos têm a sua disposição o milagre, todavia, preferem ficar esperando por esmolas “migalhas

5º, Pedro clamou pelo nome no qual confiava e proferiu a palavra profética. ( V. 6b ),  Contudo, em seguida agarrou o coxo pela mão e o ajudou a levantar-se (V. 7 )

-Você e sua igreja têm ajudado o “doente” a levantar-se?  O têm tomado pela mão?  Ou têm ficado apenas nas palavras?

6º, o coxo em questão, esperava por alguma migalha, uma pequena esmola já o satisfaria, porém glorificou a Deus pelo milagre da cura da sua deficiência:

- Você estará pronto para glorificar a Deus quando na sua vida vier o milagre em lugar das migalhas?

Pois, as escrituras sagradas me dão a expectativa que tudo que tenhamos conseguido conquistar até aqui ainda são migalhas perto do que o Senhor Jesus tem preparado para nós!

Que Deus vos abençoe e vos ajude a tomar sábias decisões!

| Autor: Pr. Roberto Basílio | Divulgação: estudosgospel.Com.BR |